Dicas para escolher a melhor acomodação para seu intercâmbio

Olá futuro intercambista, tudo bem? Estudar em outro país é o sonho de muita gente! Eu já fiz 4 intercâmbios e sei como é difícil escolher o curso e a acomodação, muiiitas dúvidas surgem nesse momento, certo?! No post de hoje vou te dar dicas para você escolher a melhor acomodação de intercâmbio ou aquela que mais tem a ver com seu perfil 😉

# Qual a melhor acomodação de intercâmbio?

Quando eu fiz meus intercâmbios tive a oportunidade de ficar em residência estudantil e casa de família. Adorei as duas opções, porém as experiências são bem diferentes. Logo abaixo eu conto um pouco de cada uma.

Acomodação de intercâmbio
Acomodação de intercâmbio – Foto: braziw

# Casa de família (homestay)

As famílias passam por uma avaliação e aquelas que preenchem os pré requisitos são escolhidas pelas escolas para receber os alunos. Essa opção poderá ser uma ótima escolha desde que você alinhe suas expectativas com a realidade. Eu tive a oportunidade de ficar em casa de família e curti, mas já ouvi relatos de gente que não gostou.

O que é preciso levar em consideração na hora de escolher homestay?

[SOBRE A FAMÍLIA] A família não será necessariamente nativa, é comum ter famílias que são naturalizadas. Ou seja, ao fazer um intercâmbio no Canadá, por exemplo, você poderá ficar na casa de coreanos. Porém, isso não afetará negativamente sua experiência, pois a host family deverá obrigatoriamente falar inglês fluente. Dependendo do seu ponto de vista, será até um plus, pois você ainda poderá conhecer os costumes de outra cultura além daquela do país do intercâmbio.

[LOCALIZAÇÃO] Geralmente as casas ficam localizadas nos subúrbios e você terá que pegar transporte público para ir e voltar da escola. A parte ruim é que terá que gastar com deslocamento. A parte boa é que poderá conhecer mais sobre o dia a dia dos locais.

[REFEIÇÕES] A maioria das casas oferece a possibilidade de ter ou não refeições inclusas no pacote da acomodação. Caso você opte por um pacote de refeições, poderá escolher ter café da manhã, jantar e almoço (pensão completa), café da manhã e jantar (meia pensão) ou somente café da manhã. Ao escolher o plano de refeições é preciso ter em mente que não é hotel, sua refeição será a mesma dos donos da casa, a não ser que você tenha alguma alergia.

[CONVÍVIO] Uma questão que, as vezes, causa frustração nos intercambistas é o fato de criarem uma expectativa de que terão um convívio familiar diário com a host family. Isso pode não acontecer, então não vá esperando que vocês vão fazer as refeições juntos, por exemplo. A família tem os horários e compromissos dela, pode acontecer de vocês tomarem café da manhã juntos, como pode acontecer deles saírem cedo e deixarem seu café pronto para você tomar sozinho.

Acomodação em Casa de Família (Homestay)
Acomodação em Casa de família (Homestay) | Dicas para escolher a melhor acomodação de intercâmbio

Minha experiência

Durante meu intercâmbio em Londres fiquei hospedada durante 9 semanas em casa de família. Morava eu e um casal, eles trabalhavam o dia todo e a gente se via mais à noite e nos finais de semana. A casa ficava na zona 3, ou seja, mais afastada do centro e eu pegava transporte público para ir e voltar da escola. Gostei muito da experiência pois pude conhecer mais sobre o dia a dia da população, criei uma rotina e vivi como uma “londrina”.

Por que escolher casa de família?

Se quiser conhecer o dia a dia de uma família local e ter refeições inclusas.

Checklist: O que levar na bagagem de viagem

Para não esquecer de levar os itens essenciais em sua viagem, baixe gratuitamente o Checklist: O que levar na bagagem de viagem

Por que não escolher casa de família?

Se quiser mais liberdade e conviver intensamente com outros intercambistas.

# Residência estudantil

As residências podem ser das próprias escolas, terceirizadas ou até mesmo de agências. Eu fiquei em residência estudantil quando fiz meu intercâmbio em Dublin e adorei, mas também sei de intercambistas que não curtiram!

Pessoal que morava comigo na residência da VivaDublin | Dicas para escolher a melhor acomodação de intercâmbio
Pessoal que morava comigo na residência da VivaDublin | Dicas para escolher a melhor acomodação de intercâmbio

O que é preciso levar em consideração na hora de escolher residência estudantil?

[LOCALIZAÇÃO] Geralmente estão situadas dentro da própria escola ou a uma curta distância da mesma. Mas pode acontecer da residência estar localizada mais longe e você ter que pegar transporte público, sendo assim pergunte ao consultor de intercâmbio ou a escola a distância média que você terá que percorrer.

[CONVIVÊNCIA] Na residência você poderá morar com pessoas de diversas nacionalidades e isso é sensacional, vai por mim! Como todos os moradores se encontram mais ou menos na mesma situação, qual seja aprender a língua nativa, você sentirá uma conexão maior, pois estarão na mesma vibe, buscando coisas parecidas.

[LIBERDADE] Assim como na casa de família, existem regras porém a liberdade é muito maior!

[PRIVACIDADE] Você terá menos privacidade, ainda mais se escolher dividir quarto/banheiro. Eu sou acostumada, porém se você tiver problemas para dormir ou for mais sistemático é melhor escolher um quarto privativo.

[COLEGAS BRASILEIROS] Existe uma enorme possibilidade de você conviver com outros brasileiros na residência e isto pode prejudicar a evolução do seu aprendizado. Uma estratégia bacana para evitar que isso ocorra é sempre colocar um estrangeiro no meio das saídas/ viagens com a galera, pois a língua comum entre vocês será o idioma que estão aprendendo. Evite falar português e pronto, problema resolvido.

Road trip que eu fiz com algumas pessoas que moravam comigo na residência.
Road trip que eu fiz com algumas pessoas que moravam comigo na residência | Dicas para escolher a melhor acomodação de intercâmbio

Minha experiência

Passei duas semanas em uma residência estudantil em Dublin. Ela ficava situada a mais ou menos 10 minutos a pé da escola. Eu dividia quarto com 3 meninas. Convivi com gente da Coreia, Chile, Alemanha, México e Brasil. Fiz muita coisa com eles, como: alugar um carro e viajar pelo interior da Irlanda (escrevi um post exclusivo sobre essa aventura “O que visitar em uma viagem pelo maravilhoso interior da Irlanda“); sair para beber; reunir na cozinha para conversar e almoçar/jantar.

Por que escolher residência estudantil?

Se quiser conviver com outros estudantes e ter mais liberdade.

Por que não escolher residência?

Se quiser mais privacidade e conviver com locais.

Quarto quádruplo feminino.
Quarto quádruplo feminino | Dicas para escolher a melhor acomodação de intercâmbio

# Outras opções de acomodação de intercâmbio

Nem sempre uma das duas opções mostradas acima é a melhor acomodação de intercâmbio para o seu perfil. Por exemplo, é possível alugar um quarto desvinculado da escola ou agência de intercâmbio.

Se você estiver indo para ficar mais de 2 meses essa é uma opção com melhor custo x benefício, pois ficar em acomodação vinculada a escola/agência geralmente sai mais caro do que procurar uma por conta própria. Assim, se o seu objetivo for economizar, opte por esta opção. Não é difícil achar quartos para alugar, basta procurar em grupos no Facebook ou sites no Google.

Outra opção, que não é muito comum, é se hospedar em hostel. É uma boa escolha para quem está a procura de acomodação mais definitiva e precisa de um lugar temporário para se hospedar. Exemplo: você vai fazer um intercâmbio de 5 meses em Londres e precisa de um lugar para ficar nos primeiros dias, pois assim pode olhar com calma apartamentos/quartos para alugar.

E aí? Conseguiu decidir qual a melhor acomodação de intercâmbio para você?! Para ter um intercâmbio bem sucedido é muito importante escolher bem o destino, a escola e a agência (caso opte em ir por uma).

# Consultoria de viagens / intercâmbio

O Blog oferece um serviço de CONSULTORIA DE VIAGENS, no qual te ajudamos a planejar o intercâmbio (trabalhei durante anos em agências de intercâmbio e conheço bem as escolas e destinos). Isso mesmo, posso te auxiliar a escolher o melhor destino/escola de acordo com seu perfil. Manda um mensagem pra saber mais detalhes! 🌏

Passo a passo consultoria de viagens.
Passo a passo consultoria de viagens.

Por hoje é isso! Qualquer dúvida pode deixar um comentário aqui embaixo que eu responderei o mais rápido possível. Para não perder nossos posts é só preencher seu nome e email na caixa da nossa newsletter.

Beijos e até mais!

Nasci e cresci no interior de Minas Gerais, sou advogada de formação e consultora de viagens de profissão. Tenho 32 anos e desde sempre sonho em viajar o mundo. Já visitei 32 países (alguns mais de uma vez), tendo morado em 4 deles. Em 2016 criei o blog Partiu Viajar para ajudar e inspirar mais pessoas a viajar.

RELACIONADOS