Japão.BR: evento para divulgar a cultura japonesa em SP

Não é preciso ir ao Japão para conhecer a cultura do país, no Brasil temos uma grande comunidade japonesa. Para te mostrar que isso é verdade, no post de hoje vou te contar sobre a cultura japonesa em SP (e não vou falar só sobre comida não rs).

Até junho eu não sabia quase nada da cultura japonesa, nem sobre a comida, visto que não como peixe haha. Mas aí participei de um evento maravilhoso chamado Japão.BR, que aconteceu nos dias 27, 28 e 29/06 em São Paulo. Ele foi organizado pela Patricia, do Blog Bagagem de Memórias.  O objetivo principal do evento é divulgar a cultura japonesa em SP e no Brasil.

“Até a mais longa jornada começa com um único passo.”

(provérbio japonês)

Pavilhão Japonês, Ibirapuera.
Pavilhão Japonês, Ibirapuera.

CONTINUE LENDO para conferir as dicas de onde aprender mais sobre a cultura japonesa em SP (museus, restaurantes, aula de mangá etc)

# Primeiro dia – Cultura japonesa em SP

BUNKYO – palestra sobre os valores da cultura japonesa

A abertura do evento aconteceu no prédio da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, o BUNKYO, que é a maior referência de cultura japonesa no Brasil. A primeira atividade do dia foi uma palestra ministrada pela Carla Okubo ( insta ), na qual aprendemos um pouco sobre valores, etc.

Valores importantes para os japoneses: hierarquia; pontualidade; responsabilidade em grupo; união e harmonia; pensamento no coletivo; manter a tradição; cortesia e gentileza.

A lenda do GATO DA SORTE: o Maneki-Nekô é aquele gatinho branco que fica balançando a patinha para frente e para trás (ou que não balança, mas que têm ela levantada). Ao fazer isso, ele está chamando por felicidade e fortuna. Reza a lenda que uma senhora dona de uma estalagem tinha um gato que toda manhã se espreguiçava e limpava os olhos na frente do local. Os viajantes enxergavam o ato de limpar os olhos como um aceno para que entrassem no comércio.

Obs: segundo a superstição, o gatinho precisa ser presente, você não deve comprá-lo.

Valores da cultura: omotenashi – sem esperar nada em troca (tratar a pessoa da melhor forma possível; antecipar as necessidades do outro; a arte de bem cuidar); gaman – resistência tranquila (aguente firme , sem reclamar);  mottainai – não desperdice, reaproveite (não perca comida, tempo, materiais… dê valor para tudo que está ao seu redor); kansha – sentimento de gratidão por tudo e por todos.

Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil

Após a palestra, fomos fazer um tour guiado no museu, que também está localizado no BUNKYO. Quem guiou nosso tour foi o Sr. Paulo Takeda, quanto conhecimento ele tinha para compartilhar! Além disso, muito engraçado e simpático.

Você sabia que o primeiro navio com imigrantes japoneses chegou no Brasil em junho de 1908? A viagem durava em média 60 dias e, após esse longo período em alto mar, eles chegavam em um país cuja língua era diferente, os costumes, a comida… praticamente tudo!

Checklist: O que levar na bagagem de viagem

Para não esquecer de levar os itens essenciais em sua viagem, baixe gratuitamente o Checklist: O que levar na bagagem de viagem

Nessa época o Brasil não queria emigrantes orientais, pois eles queriam “esbranquiçar” a população e não “amarelar”, eles queriam emigrantes europeus.

Em breve vou publicar um post exclusivo sobre o museu e contar mais sobre a história do povo japonês. Enquanto isso você pode ver mais detalhes no site oficial: http://www.museubunkyo.org.br/

Museu Histórico da Imigração Japonesa.
Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil.

Desmistificando a comida

Muita gente pensa que comida japonesa se resume a sushi, sashimi e temaki rs. Mas posso te afirmar que não é bem isso não, viu?! Nosso primeiro almoço foi no restaurante Komei, que fica no Bairro da Liberdade, na Rua Thomaz Gonzaga. Eu pedi um delicioso tonkatsu, que é carne de porco empanada e frita.

Vou fazer um post específico sobre a culinária japonesa e os melhores lugares para saboreá-la em SP. Fica ligado aqui para não perder!

Restaurante Komei | Japão.BR - Cultura japonesa em SP
Restaurante Komei | Japão.BR – Cultura japonesa em SP

Pavilhão Japonês

Após o almoço visitamos o Pavilhão Japonês que fica no Parque do Ibirapuera. Lá fizemos um tour guiado com o Eduardo Goo Nakashima. Aprendi mais coisas sobre a cultura, como fatos sobre a cerimônia do chá, o jardim japonês…

Esse altar aí de cima simboliza uma corte, no topo estão os senhores feudais. Após o tour fizemos um pausa para o café 🙂

Conhecendo o Taiko

Depois da visita ao Pavilhão, seguimos para o que achamos que seria apenas uma apresentação de Taiko com o grupo @himawaritaiko , mas que na verdade era uma apresentação + workshop! Foi uma surpresa maravilhosa!

O taiko são os tambores. Antigamente também tinham a função de avisar a população de uma determinada área sobre um desastre natural. O camponês ia até o alto da montanha e tocava o tambor para avisar a todos.

A apresentação do grupo foi muito legal e a aula incrível! Eu achei que não ia conseguir tocar nada, pois sou bem desprovida de ritmo, mas consegui =).

Aula de Taiko | Japão.BR - Cultura japonesa em SP
Aula de Taiko | Japão.BR – Cultura japonesa em SP

Desmistificando a comida – II

Após tanto exercício físico, todos nós precisávamos de comida rs. Seguimos então para o restaurante Samurai ( @restaurante.samurai  ). Lá pedi yakissoba e uma sopa de missô ou missoshiro ( que é preparada com soja, hondashi, tofu, cebolinha).

# Segundo dia – Cultura japonesa em SP

O segundo dia começou bem cedo, nos encontramos às 7:30 para sair rumo ao Parque Ecológico Imigrantes.

Parque Ecológico Imigrantes

O parque é uma realização da Fundação Kunito Miyasaca. Lá, em meio a Mata Atlântica, pude observar e aprender várias coisas sobre plantas, animais, exploração sustentável e inclusão social.

Localizado a 42 km da Av. Paulista, é uma excelente dica de passeio para adultos e crianças, inclusive aqueles que tem mobilidade reduzida, visto que o parque é todo adaptado.

Parque Ecológico Imigrantes. Foto: @spdagaroa
Parque Ecológico Imigrantes. Foto: @spdagaroa

Funcionamento: visitas individuais podem acontecer de terça a quinta, já as visitas em grupo (acima de 5 pessoas) são às segundas ou sextas-feiras. Em qualquer um dos casos é preciso fazer o agendamento da visita.

Mais detalhes no site oficial:https://www.parqueecologicoimigrantes.org.br/

Desmistificando a comida – III (marmita japonesa)

Voltando do parque conheci a famosa marmita japonesa rs. O nome dela é bento (também conhecida como obento). Na minha tinha frango empanado, arroz, omelete e legumes cozidos. Aprovei!

Japan House

Já no lado de fora pudemos observar o ar contemporâneo do projeto do arquiteto Kengo Kuma, sendo a fachada feita de madeira vinda do Japão. A Japan House é mais que um projeto cultural do governo japonês. Além da unidade situada na Avenida Paulista, existe uma em Londres e outra em Los Angeles.

No piso térreo existe uma estante enorme cheia de livros. Os mesmos não estão a venda, são para o visitante pegar e ler por ali. A maioria deles veio do Japão, com exceção de alguns que estão traduzidos para o português.

Japan House | Japão.BR - Cultura japonesa em SP
Japan House | Japão.BR – Cultura japonesa em SP

No último piso estava acontecendo uma exposição chamada “Japão 47 artesãos” (que é o número de províncias que o Japão tem). Estavam expostas uma peça feita por um artesão de cada província. Conseguimos, também, dar uma espiadinha na exposição “Do: a caminho da serenidade”, que ia estrear no dia posterior a nossa visita.

Para saber quais exposições estão rolando dá uma conferida no site oficial: https://www.japanhouse.jp/saopaulo/

Após o tour na Japan House fomos contemplados com um café especial no Café Sabor Mirai, que funciona lá dentro, no piso térreo.

Café Sabor Mirai | Japão.BR - Cultura japonesa em SP
Café Sabor Mirai | Japão.BR – Cultura japonesa em SP

Desmistificando a comida – IV

Nosso almoço/jantar do dia foi no restaurante São Paulo Tokyo. Lá tivemos uma aula para aprender a fazer temaki e depois de tanto aprender comemos um delicioso rodízio!

Restaurante São Paulo Tokyo
Restaurante São Paulo Tokyo
Restaurante São Paulo Tokyo
Restaurante São Paulo Tokyo

Aula de mangá

Depois de muiiita comilança fomos para nosso workshop de mangá, na Japan Sunset – escola de mangá. O nosso professor foi o Fábio, ele nos contou um pouco da história do mangá e depois nos ensinou a desenhar.

Eu achei um máximo! Não sei desenhar bem e consegui fazer um mangá bem bonitinho (olha aí na foto abaixo, ficou legal ne? Não sou um Picasso, mas…)

Aula de mangá | Japão.BR - Cultura japonesa em SP
Aula de mangá | Japão.BR – Cultura japonesa em SP
Aula de mangá | Japão.BR - Cultura japonesa em SP
Aula de mangá | Japão.BR – Cultura japonesa em SP

# Terceiro dia – Cultura japonesa em SP

No 3º e último dia do evento, tivemos um walking tour especial pelo bairro da Liberdade com a Patrícia e depois um almoço de encerramento.

Tour pelo Bairro Liberdade

No tour passamos por vários lugares importantes como o portal japonês, a Capela dos Aflitos, um jardins japonês, a rua Thomaz Gonzaga (rua com vários restaurantes bons), etc. Foi muito bacana! Em breve vai ter post específico sobre o tour, fica de olho!

Encerramento

O almoço de encerramento aconteceu no Hotel Analia Franco Blue Tree, que fica localizado no bairro Analia Franco, em frente ao Parque Esportivo dos Trabalhadores (região próxima a Tatuapé). A fundadora da rede é Chieko Aoki, empresária nipo-brasileira. Após o almoço fizemos um tour para conhecer as instalações do hotel, que conta com suítes espaçosas, piscina, academia, sauna, etc.

Japan House | Japão.BR - Cultura japonesa em SP
Japan House | Japão.BR – Cultura japonesa em SP

Participaram do evento junto comigo: a Deisy (São Paulo Sem Mesmice), a Carol (Idas e Vindas), a Alessandra (Viagens de Cá pra Lá), a Kellen (Trilha Marupiara), a Patrícia (Patricia Viaja), Tissiana (Roda nos Pés), Rafa (SP da Garoa), Tati (Por mais um Carimbo), Ediléia (Qualquer viagem. Eu vou!), Dani (Dani Turismo), Paloma (Diário de turista).

Japão.BR
Japão.BR

Por hoje é isso! Espero que tenha gostado das minhas dicas sobre onde aprender mais sobre cultura japonesa em SP. Aqui no blog temos outros posts sobre São Paulo, inclusive o “Quanto custa viajar para São Paulo: tabela de gastos em 3 dias“, no qual falo sobre gastos com passeios, acomodação, etc.

Ah, não esquece de conferir nosso Instagram @partiuviajarblog , sempre tem novidades e dicas por lá também! Um beijo e até mais!