Mini roteiro para conhecer e se apaixonar por Porto Seguro

Compartilhe este post

Porto Seguro está localizada no sul da Bahia, a 730 km de distância da capital baiana. Foi a primeira região descoberta pelos portugueses. Apesar de ser histórica, a cidade é bem democrática, pois oferece agito para quem quer badalar e tranquilidade para aqueles que querem descansar. É também um dos destinos mais procurados por jovens para realizar viagens de formaturas ou por profissionais para participar de Congressos.

Entrada de Porto Seguro
Entrada de Porto Seguro

# Como chegar?

Porto Seguro possui um Aeroporto próprio. Apesar de ser bem simples, ele torna a cidade muito acessível. A GOL, por exemplo, disponibiliza várias rotas diárias para lá. Para aqueles que vão sair de São Paulo, a viagem dura 2 horas (voo direto), já para quem for sair do Rio de Janeiro, são 3h de voo (com conexão rápida), e para quem vai sair de Belo Horizonte é ainda mais perto, apenas 1h e 30 min (voo direto).
Quem quiser ir de ônibus tem que pesquisar para ver se tem direto ou se precisará fazer baldeação até uma cidade maior e depois pegar um segundo ônibus para Porto Seguro. Algumas companhias que tem rota para a cidade são a Gontijo/São Geraldo e a Águia Branca.

# Onde se hospedar?

A cidade possui muitas opções, desde hotéis no centro até hotéis beira mar. Eu fiquei em um hotel pequeno, no centro da cidade, há uns 5 minutos a pé da passarela do álcool, porém precisava pegar ônibus para ir à praia. Quem quiser ter mais conforto pode escolher uma opção a beira mar, pois poderá ir a pé. Você encontra diversas opções para se hospedar clicando aqui.

# O que fazer de dia?

Porto Seguro oferece muitas opções de passeios e coisas para fazer! Selecionei algumas que você não pode deixar de considerar:

– Praia de Taperapuã: é a praia mais famosa e movimentada da cidade. Possui as famosas barracas Axe Moi e TôaTôa, dentre outras.

Praia de Taperapuã - Fonte: http://www.bahiatur.net/
Praia de Taperapuã – Fonte: http://www.bahiatur.net/

– Axe Moi: é a mais famosa das barracas, no verão possui uma programação bem agitada, além de ter uma infraestrutura muito boa (restaurante, banheiros) e vários animadores (dançarinos, locutores), tudo para manter os turistas relaxados e descontraídos. Mesmo na época de baixa temporada a barraca tem shows e eventos. Quem quiser saber mais sobre a barraca é só entrar no site oficial: http://www.axemoi.com.br/site/

TôaTôa: tem uma infra estrutura semelhante a da Axe Moi. Fica localizada mais perto do centro. É famosa pela festa da espuma. Se for na época de alta temporada é bom chegar cedo, pois o movimento é grande. Segue o site para quem quiser conferir a programação: http://www.portaltoatoa.com.br/

– Praia do Mutá:  fica localizada na divisa com Cabrália e é uma opção melhor para quem busca um pouco mais de tranquilidade.

– Centro histórico: a região é tombada como patrimônio histórico. Lá você vai encontrar o Marco Zero do Descobrimento, a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Pena e várias casinhas, igrejas e museus. Quando eu fui tinha índios vendendo artesanato e locais fazendo apresentação de capoeira. É um lugar para passear com calma e absorver a história que transmite, fiquei por lá umas 2 horas.

Centro Histórico de Porto Seguro
Centro Histórico de Porto Seguro
Igrejinha no Centro Histórico de Porto Seguro
Igrejinha no Centro Histórico de Porto Seguro

# O que fazer à noite?

Porto Seguro tem uma vida noturna agitada, além dos luaus nas barracas (Segunda é na Axe Moi, Terça na TôaTôa e Quarta na Barramares). Há diversas opções de restaurantes e barzinhos na região central. A PASSARELA DO ÁLCOOL, localizada no centro, é um lugar que você tem que ir! Lá existem várias barraquinhas que vendem bebidas alcóolicas (batidas de frutas, caipirinhas etc), comidas típicas, doces e artesanato. Dica: aproveitar e comprar o famoso chocolate artesanal, feito com puro cacau.

Passarela do álcool
Passarela do álcool

Uma outra opção muito tradicional na cidade é a famosa ILHA DOS AQUÁRIOS. É um lugar bem diferente, possui aquários com várias espécies de peixes expostas, muitos ambientes que tocam diferentes tipos de música, além de bar e restaurante. Para chegar até a ilha é necessário pegar uma balsa. Segue o site para mais detalhes: http://www.ilhadosaquarios.com.br/

Existem ainda várias opções de passeios próximos a Porto Seguro:

Santa Cruz de Cabrália: fica do ladinho de Porto Seguro, o acesso é muito fácil. O ônibus municipal passa no centro de Porto e na orla de Taperapuã. Possui a famosa praia da Coroa Vermelha. Vale a visita!

Arraial D’Ajuda: quem estiver em Porto Seguro é só pegar a balsa até Arraial e depois escolher entre as várias vans ou ônibus municipal. O local é bem charmoso, visitei a praia de Mucugê e achei os preços acessíveis.

Índios na Praia de Mucugê , em Arraial D'Ajuda
Índios na Praia de Mucugê , em Arraial D’Ajuda

Caraíva: antiga vila de pescadores, hoje possui uma infra estrutura básica para receber os turistas. Ideal para quem procura sossego e tranquilidade.

Trancoso: é um distrito que pertence a Porto Seguro. É uma opção com preços menos acessíveis, porém com praias muito bonitas. O acesso não é tão fácil para quem não está de carro.

Pessoal, a cidade de Porto Seguro possui muitas belezas naturais, quem quiser deixar alguma sugestão aqui nos comentários, já sabe, escreve aí! Quem quiser saber o hotel que eu me hospedei (recomendo) é só perguntar aqui nos comentários. No mais, é isso. Até o próximo post.


Compartilhe este post

Deixe um comentário