Chapada das Mesas: quanto custa, quando ir, roteiro 4 a 7 dias

Compartilhe este post

Depois de conhecer a Chapada dos Veadeiros e a Chapada Diamantina e me apaixonar por elas, decidi ir ali no Maranhão para conferir a Chapada das Mesas! Adivinha? Me apaixonei também! Nas próximas linhas vou te contar TUDO que você precisa saber para planejar sua viagem pra lá: como chegar, quando ir, quanto custa, principais atrativos, roteiro para 7 dias e por aí vai!

Portal da Chapada das Mesas
Portal da Chapada das Mesas | Morro do Chapéu ao fundo.

Antes de mais nada, queria te contar a origem do nome Chapada das Mesas. Ele foi dado por causa dos platôs, que lembram várias mesas de pedra. Quando estiver lá você vai visualizar melhor e entender a referência. Ah, seus biomas são o Cerrado, a Caatinga e a Amazônia.

Partiu viajar comigo pra Chapada das Mesas, Maranhão?

Onde fica Chapada das Mesas

O Parque Nacional da Chapada das Mesas foi criado em 2005 e fica situado no sul do Maranhão. Se você não é muito fã de geografia, deixa eu te lembrar que o Maranhão é um estado da região Nordeste e faz divisa com o Tocantins, Piauí e Pará.

Atualmente, 12 cidades fazem parte do polo Chapada das Mesas, quais sejam Imperatriz, Tasso Fragoso, Estreito, Carolina, Riachão, Balsas, Formosa da Serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Itinga do Maranhão, Campestre, Alto Parnaíba e Açailândia.

Cidades base

Pensando pelo ponto de vista da proximidade dos atrativos, as principais cidades são Riachão e Carolina. Mas, Imperatriz (principal aeroporto para conhecer a Chapada) e Balsas (um dos maiores PIB’s do estado) são importantes do ponto de vista econômico, pois são maiores e mais desenvolvidas.

Eu dividi meu roteiro em duas cidades base: Carolina e Riachão. Aconselho que você faça o mesmo. Além de Carolina e Riachão, passei por Balsas, Imperatriz e Fortaleza dos Nogueiras.

Complexo Pedra Caída em Carolina
Cachoeira do Capelão – Complexo Pedra Caída em Carolina.

Acho um erro ficar só em Carolina, como muitas pessoas fazem, pois em Riachão e arredores ficam atrativos importantes, que não podem ser conhecidos em apenas um bate volta. Assim, para não ficar tanto tempo na estrada indo de um lugar para o outro, é mais inteligente separar a viagem em duas bases.

Em breve, vou publicar posts específicos sobre Carolina e Riachão. Se não quiser perder, me segue lá no Instagram, sempre divulgo os posts do blog lá!

Como chegar

Antes de contar como chegar na Chapada das Mesas vou compartilhar com vocês algumas distâncias.

  • Palmas – Carolina = 460km
  • São Luís – Carolina = 840km
  • Teresina – Carolina = 700km
  • Carolina – Riachão = 100km
  • Carolina – Imperatriz = 220km
  • Imperatriz – Riachão = 320 km
  • Riachão – Balsas = 69km

Ônibus

Eu cheguei em Carolina de ônibus, vindo de Palmas/TO. Escolhi essa forma pois depois da minha expedição do Jalapão voltei para Palmas. Peguei um ônibus noturno da empresa Real Maia, sendo que a viagem durou 10h (desse tempo ele ficou uns 90min parado nas rodoviárias do caminho). A passagem custou R$198.

A empresa de ônibus que vai te levar até a Chapada vai depender da sua origem. Essa que eu usei faz rotas nos estados do Piauí, Maranhão, Tocantins e Pará.

Morro do Pico Fino em Riachão, na Chapada das Mesas
Morro do Pico Fino em Riachão | Chapada das Mesas

Avião

O aeroporto mais próximo fica na cidade de Imperatriz. Ele é bem simples e quantidade de voos é limitada, mas ele atende bem, desde que tenha uma certa flexibilidade de horários. Na volta eu saí de Riachão de ônibus e peguei o avião em Imperatriz. Paguei R$120 na passagem pela JR4000.

Ouvi dizer que estão construindo um aeroporto em Balsas, o que vai facilitar ainda mais o deslocamento. Vamos aguardar!

Passaporte da Chapada das Mesas, Maranhão
Passaporte da Chapada das Mesas, Maranhão. Disponível no Aeroporto de Imperatriz.

Carro

Se você for do tipo que curte viagens de carro, é uma excelente opção! Ainda mais tendo em vista que vários atrativos podem ser acessados por carro comum.

Caso queira voar até Imperatriz ou Palmas e lá alugar um carro, pode ser uma boa opção também. Para dar uma pesquisada nos valores de aluguel, clica nesse link. Lembrando que, se você reservar usando meu link, eu recebo uma pequena comissão, que uso para manter o blog online.

Quantos dias ficar?

Só para você ter uma ideia da grandiosidade do Parque Nacional da Chapada das Mesas, ele tem uma área de 159.953,78 hectares. Fora ele, as cidades que fazem parte do polo tem muitas atrações imperdíveis, como o Poço Azul, Portal da Chapada, Encanto Azul, Complexo Pedra Caída etc.

Assim, minha sugestão é que você fique no mínimo 4 dias. Mas, o ideal mesmo são 7 dias inteiros, sendo que podem ser divididos entre Carolina e Riachão, como já falei ali em cima.

Quanto custa viajar Chapada das Mesas

Eu não achei um destino caro, mas vou colocar alguns valores aqui para você tirar suas próprias conclusões rs

Hospedagem

Se você pesquisar no Booking vai achar opções, tanto em Carolina quanto em Riachão, com valores a partir de R$120, a diária, para duas pessoas. Mas, para ter uma média de quanto custa viajar para Chapada das Mesas, leve em consideração uma diária de R$180 (vai te dar mais opções na hora de escolher a hospedagem).

Pousada dos Candeeiros em Carolina/MA.
Eu fiquei na Pousada dos Candeeiros em Carolina.

Em Carolina, por exemplo, eu fiquei hospedada na Pousada dos Candeeiros, que fica localizada em frente a praça principal da cidade. Recomendo!

Já em Riachão, minhas indicações de hospedagem são a Pousada Nordestina (melhor localização e custo x benefício), o Poço Azul (melhor estrutura) e o hotel pousada Trevão.

Se quiser pesquisar hospedagem, acesse esse link. Você poderá ver valores, datas disponíveis e ler avaliação de outros viajantes. Lembrando que, se você usar os links aqui do post, eu ganho uma pequena comissão, que uso para manter o blog online. Sua ajuda será muito bem vinda =)

Alimentação

Aqui um gasto super relativo, que depende muito do que você gosta de comer, da quantidade que você come e dos lugares que vai fazer a refeição. Posso te dizer que tem para todo tipo de bolso!

Para você ter uma ideia, no Parque Nacional da Chapada das Mesas almoçamos em um restaurante que fica na Cachoeira do Prata e o valor foi R$30, por pessoa, a la carte (galinha caipira, peixe ou carne de sol).

Onde comer em Carolina/Maranhão
A noite você terá mais opções de onde comer em Carolina.

Atrativos

Vou citar os valores das entradas dos principais atrativos, ok?

  • Cachoeira de São Romão = R$40
  • Cachoeira do Prata = R$30
  • Portal da Chapada = R$20 (exceto para ver o nascer do sol, aí é R$30)
  • Complexo Pedra Caída = valores separados para day use (R$70) e cachoeiras (Santuário R$35; Caverna e Capelão R$60; Pedra Furada R$35).
  • Poço Azul = R$70 (inclui acesso a toda estrutura, exceto tirolesa).
  • Cachoeiras do Ribeirão, Aldeia e Castanhão = R$20.
  • Cachoeira do Macapá = R$50.
  • Encanto Azul = R$40.

Esses são apenas alguns valores para você ter noção de quanto custa viajar para Chapada das Mesas. Mas, como eu sempre digo, o custo da viagem depende do perfil de cada viajante. Ah, se quiser saber sobre os valores dos passeios entre em contato com a agência que eu usei em Carolina – Torre da Lua Ecoturismo e com a de Riachão – Mara Chapada Ecoturismo.

Cachoeira de Santa Bárbara | Riachão, Chapada das Mesas
Cachoeira de Santa Bárbara | Riachão, Chapada das Mesas

Quando visitar a Chapada das Mesas

Eu fui na segunda quinzena de abril e achei perfeito. A chuva não atrapalhou nenhum passeio, tivemos lindos dias de sol, muito calor, as cachoeiras estavam com bom volume de água. Os guias disseram que a água ia ficar mais transparente e menos turva nos meses seguintes, mas eu achei lindo do jeito que estava rs

Em tese, a temporada de chuvas se encerra no início de maio, mas a quantidade e frequência já diminui muito em abril. Assim, de maio até final de setembro é a temporada de seca, sendo mais certo não pegar nada de chuva.

Minha dica é que você evite o mês de julho (por causa das férias escolares) e os feriados, pois a quantidade de turistas aumenta muito e os atrativos ficam cheios.

Cachoeira de São Romão | Parque Nacional da Chapada das Mesas
Cachoeira de São Romão | Parque Nacional da Chapada das Mesas

Consultoria de viagem

Não sei se você sabe, mas eu posso te ajudar a planejar uma viagem incrível para a Chapada das Mesas ou qualquer outro canto desse Brasilzão e do mundo também! Desde 2018 faço consultoria de viagem e roteiros personalizados, sendo que já ajudei muitas pessoas a realizarem o sonho da viagem própria rs leia-se, livre e independente de agências.

Se quiser saber mais sobre meu trabalho e como eu posso te ajudar a viajar com segurança e sem extrapolar seu orçamento, vamos conversar um pouco!

Me manda uma mensagem no Whatsapp para conversarmos mais a respeito!

Roteiro para 4, 5, 6 e 7 dias

Como eu disse ali em cima, o mínimo de dias para conhecer a Chapada das Mesas é 4. Já o máximo vai depender de você rs Eu, por exemplo, fiquei 7 dias.

Se você tiver 4 dias sugiro que visite o Poço Azul + Encanto Azul; veja o nascer do sol no Portal da Chapada + São Romão + Prata; Complexo da Pedra Caída; Trekking Morro do Chapéu + passeio de barco no Rio Tocantins.

Caso tenha mais tempo, acrescente no quinto dia a cachoeira do Macapá (mais alta do estado) + cachoeira do Castanhão + caiaque no rio Balsas. Para um roteiro de 6 ou 7 dias, coloque outros trekkings, como a trilha dos Guardiões e Morro do Pico Fino.

Em breve vou publicar um vídeo detalhado sobre o que fazer em Carolina e o que fazer em Riachão, fica de olho lá no Canal do YouTube e nas redes sociais!

Rio Balsas/MA
Caiaque no Rio Balsas/MA

O que levar para a Chapada das Mesas

Também acho isso relativo, mas algumas coisas são imprescindíveis. Segue minha listinha:

  1. Repelente (o mais importante, real)
  2. Protetor solar (igualmente importante rs)
  3. Óculos de sol
  4. Camisa de proteção UV
  5. Boné
  6. Capinha de celular (se você for muito apegada ou desastrada rs eu não levei e deu tudo certo)
  7. Tênis (se for fazer trekking)
  8. Calça ou legging (se for fazer trekking)
  9. Garrafa (para colocar água e não ficar usando as descartáveis)
  10. Muita energia positiva!

Leia também:
– Lençóis Maranhenses: o que fazer, quando ir, como chegar e onde ficar
– Roteiro Chapada dos Veadeiros: guia completo para 5 ou 7 dias!

Prontinho, agora você já sabe o básico sobre a Chapada das Mesas. Ficou com muita ou com bastante vontade de conhecer? Eu adorei e super indico essa trip pra toda a família! Se tiver alguma dúvida, deixa ali embaixo nos comentários!

Beijos e até mais!


Compartilhe este post

Deixe um comentário