O que fazer no Rio de Janeiro com POUCO dinheiro: 20 passeios!

Compartilhe este post

O Rio de Janeiro é sim uma cidade maravilhosa e basta ver algumas fotos para se ter certeza disso. Mas você sabia que tem um montão de programas legais para fazer lá sem gastar dinheiro ou gastando muito pouco? Como sei que nem sempre é fácil juntar um dinheirinho para viajar resolvi escrever esse post sobre o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro.

Quem acompanha o Blog sabe que eu adoro o Rio, vou a cidade sempre que posso, por isso lá no final do post vou deixar algumas sugestões de artigos que podem te ajudar no planejamento da sua trip!

Trilha da Pedra Bonita.
Trilha da Pedra Bonita.

Bora ver a lista com as melhores sugestões de o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro?

O que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro

1) Trilha Pedra Bonita

Um dos passeios mais legais do Rio de Janeiro, sem sombra de dúvida!

Para chegar até a trilha de transporte público o melhor é descer na estação do metrô de São Conrado e lá chamar um Uber/99/táxi. Como destino pode colocar “rampa de voo livre”. Foi isso que eu fiz, a corrida deu R$11,50 e o metrô 4,60.

No início da trilha tem um estacionamento para deixar o carro, uma barraquinha vendendo água e banheiro (pago). Se você andar até a rampa de voo (5 min de caminhada) a partir do estacionamento vai encontrar uma mini-lanchonete e banheiro gratuito.

Obs: lá na rampa tem sinal de celular, assim como no alto da Pedra Bonita. No estacionamento e na entrada da estrada para a trilha não tem. Se tiver que chamar um Uber para voltar vá até a rampa.

Antes de iniciar a trilha você deverá anotar seu nome, telefone e CPF em uma folha de registro. A partir dali eu demorei 30 minutos para subir até o topo.

O caminho é lindo, todo cheio de árvores. O vigia disse que são apenas 2km de trilha, mas vai parecer que é mais pois é só subida. Como as árvores são altas, há sombra até o topo, assim o desgaste é menor. Ah, não há lixeiras pela trilha ou lá no topo, leve uma sacola para guardar seu lixo. Preserve a natureza!

Trilha da Pedra Bonita.
Trilha da Pedra Bonita.

Quando cheguei lá em cima fiquei admirando toda a beleza da paisagem. É possível ver o Cristo Redentor, a Lagoa, a Pedra da Gávea, a Barra, a praia de São Conrado e vários outros lugares.

2) Praia da Joatinga

Essa praia é pequena e mais vazia. Ela fica dentro de um condomínio fechado, nas proximidades da Pedra Bonita e do Mirante do Joá.

Mirante do Joá.
Mirante do Joá.

Dizem que é frequentada por artistas que buscam curtir o “anonimato”. Para conseguir chegar na areia é ideal ir nos meses de Novembro a Março, pois nos outros meses o acesso fica fechado, sendo possível tomar sol nas pedras. Obs: eu fui no final de Novembro e o acesso estava fechado, mas segundo o bombeiro que estava lá foi um fato isolado, pois geralmente em Novembro já é possível tomar banho de mar lá.

3) Trilha da Pedra da Gávea

Minha 3ª sugestão de o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro é a famosa trilha da Pedra da Gávea! Infelizmente eu ainda não fiz ela, assim não posso te dar detalhes sobre o programa. Ela está na minha bucket list!

Posso dizer que conheço várias pessoas que fizeram e gostaram. Me falaram que a trilha exige um pouco de técnica, então antes de ir se informe com quem já fez.

# Aluguel de carro

Lid, o post é sobre o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro e você está sugerindo alugar carro? Uai, não é meio controverso isso? Não e vou te explicar o motivo.

Vários programas da minha lista estão situados em lugares de difícil acesso, como a Pedra Bonita. Se você estiver viajando com mais 3 pessoas o aluguel do carro não vai sair caro e vocês terão liberdade e independência para explorar os locais sem se preocupar com ônibus ou Uber.

Para ver quanto custa o aluguel do carro, clica aqui. Você será redirecionado para o site da RentCars, que busca os melhores valores em várias locadoras de carros.

Praia da Joatinga | O que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro
Praia da Joatinga.

4) Parque Natural da Catacumba

O parque fica bem ali na região da Lagoa Rodrigo de Freitas (Av. Epitácio Pessoa, 3000) e é um pequeno refúgio no meio da cidade. A história do parque está relacionada com a remoção da Favela da Catacumba no início da década de 70.

Após, foi desenvolvido um projeto para recuperação florestal da área e implantação do parque voltado a difusão cultural e exposição de obras de arte. Assim, lá no parque você vai ver várias esculturas espalhadas.  Tem, também, espaço para arvorismo e tirolesa. Ahh, logo na entrada tem banheiro e bebedouro.

Parque Natural da Catacumba.
Parque Natural da Catacumba.

Gastei menos de 30 minutos para fazer a trilha, é bem tranquila. Nível fácil de técnica e de condicionamento físico também, porém importante falar que tem subidas e descidas, não é reta.

Para chegar no Mirante Sacopã você tem que fazer toda a trilha. Lá terá uma vista muito bonita da Lagoa. Já o Mirante do Urubu fica um pouco mais pra baixo e tem uma vista mais lateral da Lagoa.

Horário de funcionamento: das 08h às 17h, de terça a domingo. Entrada gratuita.

Trilha do Parque Natural da Catacumba | O que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro
Trilha do Parque Natural da Catacumba.

5) Mirante Dona Marta

Eu tinha vontade de conhecer o mirante desde que assisti o DVD do Natiruts que foi gravado lá. A vista lá de cima é linda! É possível ver o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor, dentre outros lugares.

Apesar de não ter transporte público até lá em cima, achei fácil chegar no mirante. A maneira mais barata que eu achei foi ir de ônibus até onde sai o Trem do Corcovado (no Cosme Velho) e pegar um Uber para subir o restante. Gastei R$4,05 do ônibus + R$7 do Uber.

Para descer eu andei uns 15 minutos até o ponto de ônibus mais próximo, o caminho todo cheio de árvores, muito silencioso, não tinha trânsito de pedestres, só carros. O ponto fica depois da entrada da área do parque e depois de um estabelecimento do Corpo de Bombeiros. Lá peguei um ônibus até o Largo do Machado.

Mirante Dona Marta.
Mirante Dona Marta.

Dica: sempre tem gente com carro lá no Mirante, você pode tentar pegar uma carona para descer. Caso queira, tem vans também. Um motorista de van me ofereceu a descida por R$10, preferi andar rs.

6) Museu da República / Palácio do Catete

Achei o museu por acaso… na volta do Mirante Dona Marta desci no Largo do Machado e fui andando meio sem rumo. Aí me deparei com esse prédio bonito e resolvi “ver” o que era.

Além do museu, lá tem um jardim muito bacana. Ótimo para fazer um piquenique, inclusive tinha várias famílias lá fazendo e algumas pessoas caminhando e praticando ioga. Um jardim frequentado por locais eu diria.

A entrada é gratuita às quartas e domingos.

Nos outros dias o ingresso custa R$6 para adultos, sendo que estudantes e menores de 21 anos pagam meia. Obs: crianças até 10 anos, maiores de 60 anos e professores não pagam.

O museu funciona das 10h às 17h, de terça a sexta. Aos sábados, domingos e feriados das 11h às 18h.

Endereço: Rua do Catete 153, Catete.

Obs: durante a semana é possível acessar o jardim vindo da praia do Flamengo. Eu fiz o caminho contrário. Vim do Largo do Machado e entrei pela rua do Catete. Saí pelo portão do Flamengo, atravessei a Avenida e fui para a praia do Flamengo. No caminho entre o jardim e a praia tem um parque com muiiitos gatinhos de rua. Se você for doido com gato tipo eu pode parar ali e ficar brincando com eles, são uns fofos e tem de todos os tamanhos e cores.

7) Trilha do Morro da Urca

É uma trilha tranquila e que não exige muito preparo físico ou técnica, mas é bom ter algum preparo para não sofrer muito e para não demorar 2 horas para fazê-la haha

Para acessar a trilha basta você ir até a Praia Vermelha, no bairro da Urca. Chegando a Praia é só você ir para o lado esquerdo até a pista de caminhada Cláudio Coutinho. Caminhe pela pista até achar a entrada da trilha, tem placa e não tem como se perder.

Ao terminar a trilha você estará no Morro da Urca e terá feito o primeiro trajeto dos bondinhos que vão até o topo do Pão de Açúcar. Lá em cima tem banheiros, lanchonete, wi fi grátis e uma vista MARAVILHOSA!

Trilha da Urca | O que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro
Trilha da Urca.

8) Museu do Amanhã

Um dos museus mais legais que eu já visitei no Brasil e que precisa estar na sua programação de o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro!

Quem me conhece sabe que eu amo museus de ciências e o Museu do Amanhã é um deles.

Saí da visita sentindo várias emoções, mas o que prevaleceu foi o pensamento de que temos que ser mais ativos na sociedade e fazer nossa parte para mudar o Brasil/mundo.

Toda terça feira a entrada do museu é gratuita para todos. Não tem necessidade de retirar o ingresso online ou fazer reserva, basta chegar lá na bilheteria.

Nos outros dias a entrada custa R$20 (adultos). Para ver os casos de meia entrada e outras gratuidade, acesse o site oficial.

Horário de funcionamento: de 10h às 18h, de terça a domingo.

Museu do Amanhã.
Museu do Amanhã.

Obs: durante os meses de férias escolares/alta temporada os ingressos do museu esgotam rápido. Se você for visitá-lo em uma terça-feira chegue cedo pois a fila é grande. Se for visitá-lo nos outros dias, compre o ingresso online antecipadamente, pois ele garante sua entrada na hora marcada, sem filas.

Obs²: dispõe de pisos táteis, rampas, cadeiras de rodas, banheiros adaptados e fraldários.

9) Pedra do Telégrafo

Outra sugestão da minha lista de o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro é a trilha da Pedra do Telégrafo!

Com certeza você já deve ter visto foto dela, ela é um lugar instagramável. As pessoas adoram tirar foto lá e brincar… Eu ainda não consegui ir lá, mas tentarei conhecer na próxima vez que visitar o Rio e aí conto pra vocês como foi.

10) Parque Lage – o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro

Para você ter ideia da importância do parque, ele foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como patrimônio histórico e cultural da cidade. Está localizado aos pés do Morro do Corcovado e é ideal para curtir um dia de sol com a família ou sozinho, pois tem uma área verde muito gostosa.

O parque abre diariamente das 08h às 17h, e a entrada é gratuita. É só chegar e aproveitar!

11) Escadaria Selarón

A Seláron começou a ser construída em 1990 pelo chileno Jorge Selarón e hoje é um local super turístico. Quando eu fui lá estava bem cheio, mas eu gostei de ter visitado. Quando você for suba até o final, a maioria das pessoas fica concentrada só ali nos primeiros degraus, mas os azulejos continuam até lá em cima.

A escadaria fica ali quase colada nos famosos Arcos da Lapa, são apenas 5 minutos de caminhada. Para chegar lá eu fui de metrô até a estação Cinelândia e de lá andei até a escadaria. Para acessá-la você vai ter que entrar em uma rua estreita, tipo um beco, eu até fiquei um pouco receosa, estava com medo de estar indo para o lugar errado rs Mas deu tudo certo.

12) Mirante do Leblon – o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro

Proporciona uma vista linda da praia! Para chegar lá basta caminhar até o final da praia do Leblon e pegar uma subidinha até o mirante, não tem erro. Obs: caso você queira comprar água ou coisa parecida, tem um quiosque lá.

Mirante do Leblon | O que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro
Mirante do Leblon | O que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro

13) Parque Natural Municipal Penhasco Dois Irmãos

Do mirante você pode caminhar até a parte baixa do Parque. Gastei uns 15 minutinhos, pois no final tem uma subidinha meio matadora rs Obs: o Uber vai até lá, caso você não queira andar.

O horário de funcionamento é de terça a domingo das 08h às 17h. Entrada gratuita.

14) Igreja de Nossa Senhora da Candelária – o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro

É a igreja mais importante da cidade e fica situada no coração do centro do Rio. No dia que eu fui conhecer a Escadaria Selarón aproveitei para caminhar pelo centro e fui na igreja. Seu interior é muito bonito e vale a pena entrar e admirar, se você for fã desse tipo de programa, claro.

Você pode ir caminhando do Museu do Amanhã até lá ou da Escadaria, igual eu fiz. Se quiser chegar de metrô pode descer na estação Uruguaiana e caminhar uns 700 metros.

15) Pôr do sol no Arpoador

É o pôr do sol mais tradicional da cidade. A Pedra do Arpoador fica situada entre os postos 6 e 7 e é facilmente acessível.

16) Boulevard Olímpico

O Boulevard Olímpico fica ali na região do Pier de Mauá, bem próximo ao Museu do Amanhã. Lá você vai encontrar murais de street art de um famoso artista brasileiro, o Kobra.

Eu sou fã do trabalho dele e sempre que estou naquela região passo lá pra ver os murais. É um programa cultural e totalmente grátis e por isso está na lista “o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro” !

17) Lagoa Rodrigo de Freitas

Se você não estiver no clima de praia pode ir para a Lagoa. Ali os cariocas praticam esportes e relaxam. Um dos meus programas favoritos quando vou lá é alugar uma bike e pedalar ou quando estou mais preguiçosa é sentar na grama e fazer um piquenique. A combinação dos dois rolês é melhor ainda rs

Se você for de Belo Horizonte saiba que o entorno da Lagoa possui menos da metade do tamanho da Lagoa da Pampulha, são apenas 8 km contra dos 18 km da lagoa de MG.

Mirante Sacopã e Lagoa Rodrigo de Freitas ao fundo.
Mirante Sacopã e Lagoa Rodrigo de Freitas ao fundo.

18) Pôr do sol na mureta da Urca

Um dos programas mais simples e mais prazerosos é curtir o pôr do sol, concorda? Parece uma coisa meio boba, meio de “miçangueiro”, mas eu curto bastante. Acho lindo ver o pôr do sol e adorei ter conhecido a mureta da Urca em uma dessas ocasiões.

Ao contrário do pôr do sol no Arpoador, ali na mureta não é muito turístico, você vai ver vários cariocas curtindo e tomando uma cervejinha. Meu conselho é: vá e aproveite!

19) Forte de Copacabana/ Forte da Urca

Se você curte fortificações vá visitar os Fortes de Copacabana e da Urca. A visita ao Forte da Urca é gratuita todos os dias, já ao de Copacabana é gratuita todas às terças feiras.

20) Praia

Por último o mais tradicional e óbvio dos programas: tomar sol e dar uns mergulhos nas praias da cidade!

Se você estiver pela Zona Sul pode pegar uma bike e pedalar do Leme até o Leblon, tem ciclovia durante todo o caminho. Assim poderá ver as praias do Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon.

Praia de Ipanema | O que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro
Praia de Ipanema | O que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro

# Roteiros personalizados – O que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro

Quer um roteiro feito sob medida para você? Eu posso te ajudar!

Faço roteiros dia a dia, são práticos e cheios de detalhes úteis. Tenho certeza que com os roteiros você vai saber como aproveitar os lugares e ainda economizar. Para saber mais, dá uma olhada na nossa página de consultoria ou então me manda uma mensagem no Whatsapp 31 99590-2414 ou um email no [email protected]

# Posts sobre o Rio de Janeiro

Deixo aqui alguns posts pra te ajudar no planejamento da sua trip:

Quanto custa viajar: Rio de Janeiro em 4 dias!
Onde ficar e o que fazer em Copacabana, Ipanema, Leblon e Urca
Roteiro para passar 3 dias maravilhosos no Rio de Janeiro!

E aí, curtiu minhas sugestões de o que fazer no Rio de Janeiro com pouco dinheiro? Se você tiver alguma dica de programa gratuito compartilha com a gente! Sempre bom economizar, ne?

Gostaria de ser avisado sempre que tiver post novo? Deixa seu nome e email ali na caixa de notificações (se você estiver lendo o post usando um celular ela está aqui pra baixo e se estiver usando computador ela está ali na barra lateral direita).

Beijos e até a próxima aventura!


Compartilhe este post

Deixe um comentário