Trusted House Sitters: como funciona? Vale a pena? [guia completo]

Compartilhe este post

Você já ouviu falar no site Trusted House Sitters? Provavelmente você chegou até esse artigo pois deseja saber mais sobre o site e sobre como é fazer housesitting, acertei? Então, relaxa aí pois eu vou te contar tudo que você precisa saber! Estou cuidando de animaizinhos lindos aqui no Canadá e economizando bastante com acomodação! Partiu saber mais sobre essa forma de economia colaborativa?

Trusted Housesitters
Violeta e Bambi – pet sitting em Vancouver

Temas que serão abordados nesse artigo:

  • O que é o Trusted House Sitters
  • Como funciona Trusted House Sitters
  • Como criar seu perfil no site Trusted House Sitters
  • Minha experiência sendo babá de pet
  • Trusted House Sitters vale a pena?
  • Vídeo explicativo

Resumidamente, o objetivo deste artigo é te contar como funciona a plataforma e te mostrar como você pode conseguir acomodação de graça ao redor do mundo, isso tudo tomando conta de pets enquanto os tutores viajam. Ahh, até a data da publicação desse artigo, eu já tive 3 experiências fazendo housesitting, todas na província de British Columbia, no Canadá. Assim, a opinião retratada aqui é baseada nestas trocas, mas em breve farei outras, inclusive nos EUA. Então, fica ligado no Instagram (@partiuviajarblog) para acompanhar tudo mais de perto!

Trusted House Sitters | o que é?

O site funciona como um intermediário entre pessoas que precisam de uma babá para seus pets e pessoas que estão dispostas a fazer isso sem receber dinheiro. Ou seja, é um exemplo de economia colaborativa baseada na troca. O tutor do pet deixa você ficar na casa dele sem pagar aluguel ou contas e você cuida do pet dele e da casa. Não tem dinheiro envolvido. É bem simples!

Mas ô Lid, e o que o site ganha? Então, para você mandar mensagens e conseguir “reservar” uma casa é preciso se cadastrar no site e pagar uma taxa, que é anual. Vou te contar mais sobre isso daqui a pouco. Mas, já posso te adiantar que vale a pena, pois o valor que você paga é muito abaixo do que o valor que você gastaria com aluguel e contas.

No Brasil esse tipo de troca não é comum, somos muito desconfiados pra deixar um estranho ficar na nossa casa, certo? Quando eu contei pra uma amiga sobre housesitting ela reagiu assim “Não confio nem em parente pra ficar na minha casa, vê lá se vou deixar um completo estranho” hahaha ri, mas não tiro a razão dela!

Trusted house sitters
Escolhendo uma casa. Essa foi minha 3ª experiência.

Obrigações do pet sitter

As obrigações vão depender de cada troca e do animal (ou animais) que você vai cuidar, mas basicamente é:

  • alimentar o bichinho;
  • brincar;
  • dar carinho;
  • passear se for um dog (aqui no Canadá os cachorros não fazem xixi e cocô em casa, por isso os passeios são diários e podem acontecer entre 2 a 3x);
  • dar remédio (se precisar);
  • regar plantas (se a casa tiver);
  • pegar a correspondência;
  • manter a casa limpa e organizada, do jeito que os donos te entregaram.

Bem tranquilo, certo? Todas as obrigações, bem como as orientações com relação a rotina do animal vão ser passadas pelos tutores, não se preocupe.

Trusted House Sitters vale a pena
Eu ganho a cia de doguinhos e gatinhos fofos!

O que você vai ganhar usando o Trusted House Sitters

Em troca você ganha acomodação de graça =)

Você vai morar na casa da pessoa pelo período de tempo combinado e não terá que pagar aluguel ou contas (luz, água, internet, TV a cabo). Além disso, poderá cozinhar e dependendo do que for acordado usar as amenidades que a casa tiver (piscina, carro).

Mais ali pra baixo te conto detalhes, mas já posso adiantar que nessa troca que estou fazendo agora (no momento que estou escrevendo esse artigo), os tutores deixaram a geladeira estocada pra mim, fizeram jantar no dia que eu cheguei, me buscaram na rodoviária, deixaram o carro para eu usar. Beeeeeeem legal, né?

Trusted House Sitters
Bailey – house sitting em Sidney, BC.

Trusted House Sitters – como funciona?

O Trusted House Sitters, como eu disse ali em cima, funciona como um intermediário e ele cobra uma taxa anual para conectar as pessoas e dar todo suporte que precisamos. Eles não interferem nas trocas, tudo é combinado entre o pet sitter e o tutor.

Com relação a duração da troca, vai depender muito da necessidade de cada tutor. Eu, por exemplo, já fiquei 20 dias (meu máximo até agora) e 3 dias. É claro que pra gente, pet sitter e nômade, é melhor mais tempo…

Em quais países posso fazer house sitting

Resumidamente, em qualquer país, mas em alguns lugares esse tipo de economia colaborativa tem melhor aceitação.

No Brasil é possível, mas vi poucas opções de casas. Aqui no Canadá tem bastante, nos Estados Unidos, na Europa, na Austrália e Nova Zelândia também. Já em outros destinos eu diria que o site é menos popular, aí é preciso analisar melhor o país especificamente.

Trusted House Sitters
Mapa mostrando várias vagas no Trusted House Sitters

Quanto custa a afiliação?

Lembra no início do post que eu falei que tem que pagar uma taxa anual pra usar a plataforma? Então, eles tem 3 tipos de plano

O meu plano é o Standard.

Se você não quiser investir muito pode fazer a assinatura do básico mesmo, que te garante buscas ilimitadas durante 1 ano, que é a duração do plano. Só para você ter uma noção de valores em reais o plano básico sai por R$561,75 (com meu desconto).

Imagine o seguinte cenário: você vai viajar por 1 mês e seu destino será a Europa. A média de acomodação para duas pessoas, por dia, sai por R$300 (por um quarto). Se você fizer um housesitting de 4 dias o valor que pagou pela assinatura já vai valer a pena! Se você estiver pensando em viajar por mais tempo, como eu estou, aí não tem nem o que pensar!

Pesquisa de acomodação no Booking, ordenada pelo menor valor.

Como eu falei, você vai ficar em uma acomodação só pra você, vai ter conforto, vai poder cozinhar e ainda vai ter a companhia de doguinhos, gatinhos e outros animaizinhos lindos e fofos! É o famoso win-win-win. Você ganha muito mais do que uma simples acomodação e os bichinhos ganham seu carinho e os tutores viajam tranquilos sabendo que os pets estão sendo bem cuidados!

Ahh, antes que eu me esqueça, eu tenho um CUPOM DE DESCONTO para dividir com vocês!

Usando esse link você vai ganhar 25% de desconto, o que representa uma economia de R$187,25.

Passo a passo para fazer seu perfil no Trusted House Sitters

Fazer o seu perfil no Trusted House Sitters não é difícil. Basta entrar no site https://www.trustedhousesitters.com/ e preencher alguns dados como, nome, email e senha. Depois disso, você vai ter que escolher seu plano de afiliação, como te expliquei ali em cima.

Página inicial do site Trusted House Sitters
Página inicial do site Trusted House Sitters

Após escolher o plano de afiliação é o momento de criar o perfil. Capriche nessa etapa!

Eu vou te mostrar alguns prints do meu perfil no Trusted House Sitters para você ver como estou fazendo, você pode pegar ele como base.

Depois que fizer seu perfil é só começar a procurar acomodações e se candidatar!

Trusted House Sitters
Meu perfil no Trusted House Sitters

 

Como aumentar as minhas chances de ser aceito

Algumas dicas:

  • Perfil completo

Primeira coisa que você precisa é fazer um perfil completo, com todas as informações importantes e fotos suas com os bichinhos que já tomou conta ou com seus próprios pets.

 Trusted House Sitters

  • Deixar claro todas as informações burocráticas

Segundo, se você for viajar para um país que exige visto, deixe claro que sua documentação está toda certa e que você já tem a passagem aérea. É preciso passar segurança para o tutor do pet, mostrar que você não vai deixar ele na mão.

  • Faça uma vídeo chamada

Terceiro, se coloque a disposição para fazer uma vídeo chamada antes da troca ser confirmada, ou conhecer o pet e os tutores antes da troca começar… mais uma vez, tudo isso é para deixar o tutor seguro e para vocês se conhecerem.

  • Sem mentiras

Quarta dica, não escreva mentiras no seu perfil. Por exemplo, se você nunca tomou conta de um coelho, de pássaros ou de um cachorro idoso que precisa de injeções, não fale que você tem experiencia. Lembre-se estamos falando de pequenos e lindos seres vivos, não são brinquedos. A troca exige responsabilidade e comprometimento da sua parte.

Montando seu perfil.

Minha rotina como babá de pet

A minha rotina varia muito de acordo com a casa, os tutores, os bichinhos… vou te contar sobre minha primeira experiência para você ter uma ideia!

1ª experiência – pet sitting o Pixel

A rotina com o Pixel era bem tranquila e ele foi um super companheiro durante 20 dias! Muito fofo e obediente, fiquei chocada como ele é bonzinho e carinhoso.

Trusted House Sitters como funciona
Pixel – pet sitting em New West.

O Pixel é um doguinho de um casal de brasileiros, ou seja, eu pude falar todos os comandos com ele em português. Ahh e ele é adestrado.  O único porém é que ele é um pouco reativo a outros cães, ou seja, na hora das caminhadas eu tinha que ficar bem atenta e evitava qualquer contato com outros dogs.

Eu fui instruída a fazer, no mínimo, duas caminhadas com ele, sendo uma de manhã e a outra no final do dia. Geralmente, eu fazia às 08h e às 19h. Quando chegava do passeio eu limpava as patinhas dele com lenço umedecido, brincava com ele e dava comida. As refeições, assim como os passeios eram duas vezes por dia.

Durante o dia eu fazia pausas no trabalho e brincava com ele, fazia carinho… ele ficava o tempo inteiro comigo! Eu amei a minha primeira experiência!

2ª experiência – Bambi e Violeta

Bambi e Violeta também “falam” português hahaha

O Bambi é um doguinho resgatado, muito feliz e super tranquilo de lidar. A Violeta é uma doguinha fofa, da raça Lulu da Pomerânia. Minha rotina com os dois também foi muito fácil.

Trusted House Sitters review
Bambi e eu dando uma voltinha | Trusted House Sitters

Levava o Bambi para passear e fazer as necessidades 3x por dia, já a Violeta 2x (ela faz xixi no tapetinho). Ahh, quando chegava do passeio limpava as patinhas deles também (isso vai muito da orientação dos donos, ok?). A rotina da alimentação era de manhã e no final do dia. Durante o tempo que estava em casa brincava com eles e fazia carinho. Assim como o Pixel, não me deram trabalho e foram ótimos companheiros!

3ª experiência – Trusted House Sitters – Bailey e Bella

Minha mais recente experiência, estou vivendo ela enquanto estou escrevendo este post inclusive, está sendo em Sidney, uma cidade do interior, que fica em uma das ilhas da província de British Columbia.

Aqui estou tomando conta da Bailey, uma doguinha da raça San Barnese, e da Bella, uma gatinha. Finalmente uma gatinha para eu tomar conta rs quem me conhece sabe que eu sou gateira…! As duas são canadenses e os comandos são em inglês, mas tudo muito fácil.

Trusted House Sitters
Bella e Bailey | Trusted House Sitters

A rotina com as duas tem sido super tranquila também. De manhã coloco comida por volta das 06 e dou remédio pra Bella (ela toma um comprimido antes das refeições). Perto das 8h saio com a Bailey para passear, não é uma caminhada demorada, uns 15 minutos pra ela fazer as necessidades, esticar as pernas. Na volta do passeio, as duas ganham petisco. É engraçado como a Bella fica na porta esperando a gente voltar e exige o petisco dela também (mesmo não tendo feito nada rs).

Na hora do almoço eu dou um passeio rápido com a Bailey pra ela fazer xixi ou levo ela no quintal mesmo (quando está chovendo). Uma vez por dia limpo a caixinha de areia da Bella. Ahhh, dou muito carinho e brinco com elas durante minhas pausas do trabalho.

Uma vez por dia tenho que checar a caixa de correio e uma vez por semana tenho que regar as plantas da casa, eles tem muitas! rs

Em contrapartida, além da acomodação combinada dentro do site da Trusted House Sitters, eles deixaram o carro pra eu usar (aproveitei para conhecer Victoria e levar a Bailey pra passear) e a geladeira abastecida (frutas, queijos, café, iogurte, massas)!

Trusted house sitters vale a pena?

Depois disso tudo que eu contei pra vocês, minha conclusão é que usar o site da Trusted House Sitters vale a pena sim!

Como eu disse, não só por estar economizando uma média de 45 dólares por dia (+- 140 reais) com acomodação, mas por ter a oportunidade de conviver com esses bichinhos lindos, que estão deixando a minha viagem muito mais alegre!

Vídeo sobre a Trusted House Sitters

Leia também:
Nômade digital: passo a passo para ser um + minha experiência!

Prontinho, agora você já sabe que o site da Trusted House Sitters vale a pena e ainda pode pegar todas as minhas dicas e CUPOM DE DESCONTO para fazer seu cadastro e perfil! Se tiver alguma dúvida, deixa aqui nos comentários!

Boas trocas e até mais!


Compartilhe este post

Deixe um comentário