Zâmbia: Tudo que você precisa saber sobre o país

Você já pensou em viajar para a Zâmbia? Eu nunca tinha pensado, mas eis que pesquisando sobre o que fazer na Zâmbia descobri as Cataratas Vitória (Victoria Falls) e pensei: eu tenho que conhecer esse lugar! No post de hoje vou te contar tudo que você precisa saber para planejar sua viagem pra lá!

CONTINUE LENDO para saber mais sobre a moeda, localização, visto, idioma, religião, clima, quando ir e o que fazer na Zâmbia.

Victoria Falls na Zâmbia | O que fazer na Zâmbia
Victoria Falls na Zâmbia | O que fazer na Zâmbia

Antes de começar a falar sobre o país, gostaria de dizer que eu adorei a parte da Zâmbia que eu conheci (região de Livingstone). Achei o povo acolhedor, o clima bom (parecido com o do nordeste do Brasil), as paisagens fantásticas! Recomendo a viagem!

# Localização

A Zâmbia está localizada no centro-sul do continente africano e sua capital é Lusaka. Faz fronteira com o Zimbábue, Malaui, República Democrática do Congo, Tanzânia, Angola, Moçambique e Namíbia.

Mapa da Zâmbia
Mapa da Zâmbia

# Visto

A República da Zâmbia, mais comumente chamada de Zâmbia, foi durante muito tempo colônia do Reino Unido e teve sua independência declarada em 1964.

Brasileiros precisam de visto para entrar no país. O tipo de visto que você vai solicitar dependerá do propósito e duração da sua viagem.

Os principais tipos de visto para turistas são: entrada única (válido para uma entrada, taxa 50 dólares americanos), entrada dupla (válido para duas entradas, custa 80 dólares americanos. Ideal para quem pretende ficar hospedado em Livingstone, mas deseja visitar as Cataratas no lado do Zimbábue também), KAZA UNIVISA (visto único para o Zimbábue e a Zâmbia, válido por até 30 dias, múltiplas entradas. Custa 50 dólares americanos).

Eu optei por tirar o KAZA UNIVISA. Esse visto nem sempre está disponível, então é melhor perguntar sobre a sua disponibilidade no momento que estiver fazendo a imigração.

Obtive o meu no Aeroporto de Victoria Falls, pois visitei primeiro o Zimbábue. Da cidade de Victoria Falls, atravessei a fronteira a pé até a cidade de Livingstone. Após atravessar a ponte que liga os dois países, passei pela imigração, apresentei meu visto e pronto. Super tranquilo!

É possível obter o KAZA nos seguintes pontos de entrada da Zâmbia: Kenneth Kaunda International Airport, Harry Mwanga Nkumbula International Airport, Victoria Falls Border e Kazungula Border.

Checklist: O que levar na bagagem de viagem

Para não esquecer de levar os itens essenciais em sua viagem, baixe gratuitamente o Checklist: O que levar na bagagem de viagem

Pôr do sol na Zâmbia.
Pôr do sol na Zâmbia.

# Idioma

O país possui 6 línguas oficiais, sendo o inglês uma delas. Eu não tive dificuldade para me comunicar em inglês. O Tonga e o Nyanja (muito comum na capital) são línguas muito faladas na Zâmbia.

Português Inglês Tonga Nyanja
Olá Hello Wabonwa Bwanji
Como vai você? How are you? Mulibuti? Mulibwanji?
Estou bem e você? I’m fine and you? Ndikabotu, ndalumba? Ndilibwino. Kaya inu?
Bem, obrigada. Fine, thank you. Ndikabotu, ndalumba. Ndilibwino, zikomo.
Bom dia. Good morning. Mwabukabuti. Mwaukabwanji.

# Moeda

A moeda oficial é a Kwacha zambiana. Hoje 1 real vale 3,30 kwachas zambianos. O dólar americano é aceito para fazer passeios, pagar a taxa consular na imigração, pagar táxi, comprar lembrancinhas.

Se você for ficar poucos dias no país, não há necessidade de trocar dólar por kwacha. A maioria dos hotéis, agências de viagem e grandes restaurantes aceitam cartão de crédito.

Dica: leve dólares, preferencialmente notas menores (10 ou 20). Não vá contando que você poderá sacar dinheiro a hora que precisar, é difícil encontrar caixas eletrônicos.

# Clima

O clima é tropical, sendo que eles possuem duas estações, o verão (chuvoso. Vai de novembro a abril) e o inverno (seco, de maio a novembro).

Fui no final de Abril e estava bem quente, principalmente durante o dia. Posso dizer que a média foi 30 graus, sendo que à noite dava uma “esfriadinha” (25 ºC).

Pôr do sol na piscina do Tongabezi | O que fazer na Zâmbia
Pôr do sol na piscina do Tongabezi | O que fazer na Zâmbia

# David Livingstone

Esse médico escocês foi o maior explorador da África. Escreveu sobre a geografia, animais e plantas do continente. Como missionário ele tentou combater o tráfico de escravos e introduzir o cristianismo a população.

Em 1855, ele descobriu uma cachoeira e a nomeou Victoria Falls, em homenagem a Rainha Victoria. Ao visitar as Cataratas você vai ver uma estátua dele, tanto no lado do Zimbábue quanto no lado da Zâmbia.

Após algum tempo na África, ele contraiu malária e veio a óbito em 1873. Seu coração foi enterrado na África e seu corpo foi mandado para o Reino Unido, seus restos mortais estão enterrados na Abadia de Westminister em Londres.

# Principais cidades/regiões – O que fazer na Zâmbia

Livingstone

O principal objetivo de quem vai a cidade é conhecer as Cataratas Victoria do lado da Zâmbia, mas não é só isso que tem para fazer lá!

Victoria Falls na Zâmbia.
Victoria Falls na Zâmbia.

Você poderá fazer safari no Mosi-OA-Tunya National Park, onde é possível ver zebras, girafas, elefantes, búfalos etc Indo para o Tongabezi (lodge que me hospedei) passamos por uma estrada que corta o parque e vimos girafas (inclusive filhotinhos!) e zebras.

Outro programa bem legal é fazer um passeio de barco pelo Rio Zambezi, o quarto rio mais largo do continente africano. Eu fiz um passeio para curtir o pôr do sol e vi crocodilos, hipopótamo, elefante e vários pássaros da região (como o bee-eater).

Safari na Zâmbia.
Safari na Zâmbia.
Elefante | O que fazer na Zâmbia
Elefante | O que fazer na Zâmbia

Linvingstone também possui alguns museus, dentre eles o mais interessante é o The Livingstone, parte das coisas de David Livingstone fazer parte do acervo do museu.

A Victoria Falls é com certeza um espetáculo a parte, possui 1,5 km de largura e 128m de altura e corta a Zâmbia e o Zimbábue, sendo banhada pelo Rio Zambezi. Vou escrever um post específico sobre como foi visita-la, em breve eu posto aqui!

Lusaka

É a capital e cidade mais populosa do país. Não possui atrativos turísticos que chamaram minha atenção, por isso não a coloquei no meu roteiro.

North Luangwa National Park

Situado no Norte do país, próximo a fronteira com o Malaui, é um parque nacional conhecido por ter muitos búfalos, mas lá é possível ver leões, zebras, hienas, babuínos, etc. Os safaris são guiados, pois o parque não é aberto ao público como o Kruger (na África do Sul).

Para saber mais sobre as outras regiões da Zâmbia acesse o site oficial do turismo no país.

# Religião

É um país Cristão, porém o direito a liberdade religiosa é garantido pela Constituição. Assim, além do Cristianismo, o Hinduísmo e o Islamismo são as principais religiões.

Povo da Zâmbia.
Povo da Zâmbia.

# Malária

Em algumas regiões do país existe o risco de se contrair malária. É preciso tomar cuidado e se prevenir, pois ainda não existe vacina contra a doença.

É imprescindível o uso de repelente, principalmente do final da tarde até o início da manhã (período que o mosquito geralmente está mais ativo).

A maioria das acomodações é equipada com mosquiteiros, ar-condicionado/ventilador, tela nas janelas… o que ajuda a manter o mosquito longe.

# Seguro viagem

O seguro viagem não é obrigatório para quem vai viajar para a Zâmbia, porém é altamente recomendável fazer um. Não só por causa da malária, mas também por conta de outros imprevistos que podem acontecer (intoxicação alimentar, extravio de bagagem etc)

Escrevi o post “Seguro viagem mais barato: saiba como escolher a melhor cobertura!” no qual falo sobre o que está incluso nas coberturas e dou dicas para conseguir comprar um seguro viagem mais barato.

O blog é parceiro da Seguros Promo. Utilizando o código PARTIUVIAJAR5 na tela do pagamento você conseguirá 5% de DESCONTO. Se pagar no boleto ainda consegue mais 5%. Em troca do cupom de desconto, que tal usar nosso link? Assim você me ajuda a ganhar uma comissão para manter o Blog atualizado e não paga nada a mais por isso =)

Clique aqui para pesquisar planos, preços e comprar o seu Seguro Viagem para a Zâmbia.

# Onde ficar na Zâmbia

Eu visitei a região de Victoria Falls (Mosi oa Tunya) e fiquei hospedada no TONGABEZI, na cidade de Livingstone. Sem sombra de dúvidas é a melhor opção de hospedagem para quem deseja não só conhecer as Cataratas no lado da Zâmbia, mas também relaxar e aproveitar o melhor que a região tem para oferecer.

Quarto do River Cottage no Tongabezi
Quarto do River Cottage no Tongabezi

O Tongabezi é um lodge exclusivo, com atendimento impecável. Ele possui apenas 9 acomodações (sendo 4 River Cottages e 5 casas), eu fiquei 1 noite em um dos River Cottages e 1 noite na “Nut House”, simplesmente adorei cada minuto do meu tempo lá! Além da hospedagem, as refeições e várias atividades estão inclusas na diária (como passeio de barco no Rio Zambezi, safaris, tour guiado para a Victoria Falls, etc).

Quarto da Nut House no Tongabezi.
Quarto da Nut House no Tongabezi.

Se você for visitar a capital Lusaka e quiser ficar hospedado em um hotel de luxo, aconselho o Latitude 15 Degrees, pois lá o atendimento, a estrutura e a decoração são de primeira!

Caso queira uma opção mais econômica, porém confortável e com um bom custo x benefício, sugiro o Hilton Garden Inn Lusaka Society Business Park. Por fim, se você estiver procurando por preço baixo e não se importar de ficar em um hostel, aconselho o Natwange Backpackers.

Piscina da Nut House no Tongabezi.
Piscina da Nut House no Tongabezi.

# Segurança

Durante o dia, nas áreas turísticas, achei tranquilo andar por Livingstone. Vez ou outra vinha um vendedor insistente tentando vender uma lembrancinha, mas seja firme no “não”. O índice de desemprego no país é enorme, mais de 50%. Assim, a população vê no turismo uma forma de tentar ganhar dinheiro.

À noite só fiquei no lodge, então não sei dizer como é a questão da segurança. A minha dica é: evite sair à noite, principalmente a pé.

Tongabezi.
Tongabezi.

# Tomada e voltagem

A voltagem é de 230. Quanto às tomadas, existe 3 tipos: a usada pelo Reino Unido, a de 3 pinos redondos grossos e a de 2 pinos redondos finos (semelhante a que usamos).

O ideal é sempre viajar com um adaptador universal, que geralmente tem quase todos os tipos de plugues (no meu não tinha o de 3 pinos redondos, aí tive que usar outro adaptador).

# Mão inglesa e aluguel de carro

Assim como na África do Sul e no Zimbábue, a Zâmbia também utiliza a mão inglesa.

Sobre aluguel de carro em Livingstone, eu cruzei a fronteira pela ponte que liga a cidade a Victoria Falls e por ali não é possível alugar carro, não havia nenhuma locadora. No Aeroporto da cidade também não vi nenhum balcão de locadora de carros. O mais indicado se você for visitar somente Livingstone é fechar um transfer com o seu hotel.

Caso queira pegar um taxi, o valor vai depender da localização da sua acomodação. Eu peguei um na ponte e paguei 30 dólares pelo carro (estava eu mais outra pessoa) até o Tongabezi, que ficava a uns 20 km de distância.

# Chip de internet – O que fazer na Zâmbia

Eu usei o chip da EasySim4u e ele funcionou bem. Recomendo! Se você quiser mais informações sobre o chip, deixa um comentário ali embaixo. Caso queira comprar, me fala pois sempre recebemos cupons de desconto.

Por ser um país mais pobre, wi-fi é uma coisa mais difícil de encontrar lá. É claro que nos hotéis você vai ter acesso, mas nas ruas e estabelecimentos comerciais é bem difícil. No Aeroporto da cidade de Livingstone, por exemplo, não tinha wi-fi aberto.

Almoço na ilha | O que fazer na Zâmbia
Almoço na ilha | O que fazer na Zâmbia

# Curiosidades

– Futebol é o principal esporte;

– Cobre é um dos produtos mais exportados atualmente;

– Lema: “Uma Zâmbia, uma nação”.

– Significado das cores da bandeira: o vermelho representa a luta pela liberdade, o preto o povo zambiano, o laranja os minerais do país e o verde a vida selvagem/natureza. A águia voando significa a liberdade e a capacidade de superar os problemas.

-Alguns feriados nacionais: ano novo (01/01); dia da juventude (12/03); Good Friday (06/04); dia do trabalhador (01/05); independência (24/10); natal (25/12).

# Consultoria de viagem – O que fazer na Zâmbia

Ao contratar o serviço de consultoria de viagem do Blog eu vou te ajudar a planejar sua viagem de acordo com seu gosto e bolso. Da passagem aérea até o seu roteiro dia a dia, eu vou cuidar de tudo.

Com minhas orientações você terá segurança e liberdade para aproveitar ao máximo sua viagem sem ter que se preocupar com planejamento. Me manda uma mensagem no Whatsapp do Blog (31 99590-2414) para conversamos um pouquinho a respeito dos seus planos. Se quiser saber mais sobre a consultoria, é só clicar aqui.

Safari na Zâmbia.
Safari na Zâmbia.

E aí, consegui tirar suas dúvidas sobre o que fazer na Zâmbia? Se tiver alguma pergunta ou dica pode deixar ali nos comentários. Para ver mais fotos da Zâmbia dá uma conferida no nosso Instagram @partiuviajarblog.

Beijo grande e até mais!

RELACIONADOS