Melhores cervejas artesanais de Minas Gerais

Compartilhe este post

Experimentar a comida e bebida típicas dos lugares que conheço é uma das formas de fazer turismo de qualidade. É ser aquele viajante que vai além de riscar da lista os pontos turísticos mais famosos do destino. É incentivar a economia regional, é ser sustentável e é imergir na cultura do local! Por isso, abaixo fizemos uma lista com as melhores cervejas artesanais de Minas Gerais!

Inclusive, é possível fazer esse tipo de turismo de experiência sem sair de casa! Isso mesmo, se você quiser viajar pelos sabores de Minas do conforto do seu lar é possível! Como? Uai, só comprar online! Viu como as melhores cervejas artesanais de Minas Gerais estão bem pertinho de você?!

Eu, particularmente, adoro experimentar as cervejas dos lugares que conheço. Sabe aquela cerveja que o Zeca Pagodinho adora? Ou aquela cerveja da garrafa verde? Então, você pode tomá-las em qualquer lugar do Brasil. Mas as cervejas artesanais típicas de certas regiões de Minas Gerais não serão facilmente encontradas fora da região Sudeste ou fora do estado, por exemplo. Assim, quando visitar Minas, aproveite para experimentar nossas melhores cervejas artesanais e se deliciar com a nossa gastronomia.

Antes de te contar minha lista com as melhores cervejas artesanais de Minas Gerais, vou fazer uma pequena introdução sobre o que é a cerveja artesanal e quais são os principais tipos de cervejas. Se você é cervejeiro e já sabe sobre isso, pode pular para o tópico “melhores cervejas artesanais de Minas”.

Igreja de São Francisco de Assis em Ouro Preto.
Igreja de São Francisco de Assis em Ouro Preto.

O que é a cerveja artesanal?

Primeiramente, cabe conceituar o que é cerveja. É uma bebida na qual o álcool é obtido através da fermentação de amido sacarificado, que pode vir do malte de grãos da cevada ou do trigo, por exemplo. Ao contrário do que muitos pensam, ela não precisa ser uma bebida alcóolica, visto que existem opções zero álcool.

A cerveja artesanal difere e muito das cervejas normais, pois seu processo de fabricação é mais cuidadoso e menos industrializado. Outra coisa que as diferencia é a composição. Enquanto a cerveja artesanal possui em sua composição água, malte, levedura e lúpulo, a cerveja normal, na maioria dos casos, possui também grande quantidade de cereais não maltados, que é uma forma de fazer uma Pilsen de baixo custo.

Leia também:
O que fazer em Minas Gerais – melhores passeios [Post índice]
O que fazer em Ouro Preto a noite: opções pra todos os bolsos!

Importante perceber que o problema em si não é o uso dos cereais não maltados, mas a grande quantidade e a obscuridade que gira em torno dos ingredientes usados. Algumas marcas utilizam até 45% de milho em sua composição, o que afeta muito o sabor da cerveja!

Resumidamente, as duas principais diferenças entre as grandes cervejarias e as cervejarias artesanais são a qualidade da bebida e o preço. Por ser uma cerveja melhor, a artesanal é um pouco mais cara. Na minha opinião, compensa beber menos, mas com qualidade.

Tipos de cervejas artesanais

Agora vamos conversar um pouco sobre os tipos de cervejas artesanais. Eles se dividem em Lager e Ale, principalmente. Por sua vez, elas se subdividem em vários estilos, como pilsen, IPA, pale ale, stout etc. A diferença entre as lagers e ales é com relação a coloração, fermentação e teor alcóolico.

Cervejas LAGER

As cervejas do tipo LAGER são as mais consumidas no Brasil.

Elas possuem baixa fermentação e, geralmente, apresentam cor mais clara (dourada), sendo mais leves. Ela se subdivide em pilsner (a famosa pilsen), premium lager, american lager (Skol e Brahma são exemplos), Munich dunkel (escura e menos amarga), malzbier (escura e doce, sendo a mais consumida no Brasil, no quesito cerveja escura), Vienna, dentre outras.

Cervejas ALE

As ALE’s possuem um processo de fermentação mais alto do que as lagers. Elas são cervejas mais encorpadas, sendo que o sabor pode variar entre amargo e suavemente doce, bem como a coloração também pode variar.

Melhores cervejas artesanais de Minas

Esse tipo de cerveja artesanal se subdivide em American Pale Ale (é a mais popular no Brasil), English IPA, Weissbier (possui em sua composição malte de trigo), Witbier (também é de trigo, mas apresenta coentro e frutas em sua composição), Stout (o exemplo mais famoso é a Guiness). O que diferencia as de trigo das outras, é o trigo (meio óbvio), mas também a leveza e o baixo amargor.

Antes de compartilhar com vocês minha lista com as melhores cervejas artesanais de Minas, queria só falar sobre o IBU das cervejas, visto que muita gente não sabe o que é. Primeiro, cabe esclarecer o que significa a sigla, que é International Bitter Unit.

Resumidamente, o IBU é responsável por medir o amargor da cerveja, sendo representado por uma escala de 0 a 100. Para exemplificar, uma cerveja com IBU 45 é mais amarga que uma com IBU 17.

Melhores cervejas artesanais de Minas

Loba

Vou começar a lista das melhores cervejas artesanais de Minas com os rótulos da Cervejaria Loba! Eu já experimentei alguns rótulos da Loba e gostei de todos, sendo que o minha cerveja favorita foi a Vienna Lager!

Melhores cervejas artesanais de Minas
Rótulos da Cervejaria Loba

A fábrica da Loba fica localizada em Santana dos Montes, que está a 130 km de Belo Horizonte. Mas, não é preciso ir até Santana dos Montes para comprar a cerveja. Você pode pedir pela internet ou comprar nos melhores mercados de Minas. Ahh, uma coisa que eu achei bem interessante foi que a Loba tem umas embalagens presenteáveis, como essa da foto. É legal para dar de presente de aniversário, amigo oculto ou até lembrancinha de viagem!

Melhores cervejas artesanais de Minas
Rótulos da Cervejaria Loba

Vamos falar das cervejas da Loba? Então, a primeira que eu experimentei foi a Lager (IBU 15 e teor alcóolico 4,9%) e achei ela bem leve, sendo que é minha indicação para quem ainda não tem costume de tomar cervejas artesanais. Ela harmoniza muito bem com queijos, frutos do mar e aqueles petiscos tradicionais mineiros, como o torresmo.

A segunda cerveja da Loba que eu tomei foi a Pale Ale (IBU 20 e teor alcóolico 5,5%), que é uma delícia! Ela é mais amarga que a Lager, porém menos do que a IPA. Já, a Vienna Lager (IBU 23 e teor alcóolico 4,8%) foi a minha favorita, não sei explicar o motivo, mas ela agradou muito meu paladar! Ela possui centeio maltado na sua composição, juntamente com grãos de malte de trigo e malte de pale.

A weiss (IBU 10 e teor alcóolico 4,9%), que é o rótulo de trigo possui baixo amargor e uma espuma cremosa. Achei ela bem refrescante e harmonizou muito bem com uma tábua de queijos maravilhosa que eu preparei =) Eu não como carne, mas se você comer, pode degustar sua cerveja de trigo acompanhada de um sushi, frutos do mar ou salsichas alemãs.

Por último, experimentei a American IPA (IBU 64 e teor alcóolico 7%), que possui um amargor bem alto, não sendo indicada para quem ainda não tem o paladar acostumado com cervejas artesanais. Acho ideal começar com a Lager, como eu disse, e ir experimentando os outros rótulos ao poucos. Depois que seu paladar acostumar, você não vai querer mais tomar as “cervejas aguadas” que tem por aí…

  • Redes sociais e formas de contato

Instagram: @cervejarialoba
Facebook: Cervejaria Loba
Site oficial: http://cervejarialoba.com.br/

Antuérpia

Outra cervejaria que não podia ficar de fora da minha lista de melhores cervejas artesanais de Minas é a Antuérpia! A Cervejaria Antuérpia é original da cidade de Juiz de Fora, que fica situada na zona da mata mineira. Ela foi criada em 2009 e hoje pode ser encontrada não só na cidade, mas em vários municípios da região Sudeste.

A Antuérpia possui várias linhas de cerveja artesanal, como a tradicional, a Trela, as livres e as sazonais. Até hoje eu já provei as da linha tradicional e a Trela (pilsen puro malte, com aquele custo x benefício bacana) e posso dizer que são MUITO saborosas.

Melhores cervejas artesanais de Minas
  • Linha tradicional

A linha tradicional é composta por 7 rótulos, que são Premium Lager (IBU 12 e teor alcóolico 4,5%), Irish Red Ale (IBU 17 e teor alcóolico 4,9%), Weissbier (IBU 8 e teor alcóolico 4,5%), Witbier (IBU 15 e teor alcóolico 5,1%), Belgian Tripel (IBU 35 e teor alcóolico 7,6%), Munich Dunkel (IBU 20 e teor alcóolico 5,5%) e American IPA (IBU 44,2 e teor alcóolico 5,9%).

Eu já experimentei todos os rótulos. A minha cerveja favorita foi a Belgian Tripel, apesar de ter um IBU mais alto, achei ela encorpada, mas leve e saborosa. A que eu menos gostei foi a Munich Dunkel, que é escura e eu prefiro as cervejas mais claras. Você sabia que dunkel significa escuro em alemão?!

Já, quem não gosta de cerveja muito amarga, precisa experimentar a Premium Lager, que é ainda mais leve. A Weissbier e a Witbier, que são as de trigo, também são bem leves e gostosas de tomar, principalmente quando o tempo está bem quente. Se você gosta de cervejas mais amargas, vai gostar da American IPA, eu não sou a mais fã das IPA’s, mas curto dependendo da marca e do meu humor no dia rs

Melhores cervejas artesanais de Minas
  • Redes sociais e formas de contato

Instagram: @cervejariaantuerpia
Facebook: Cervejaria Antuérpia
Site oficial: https://cervejariaantuerpia.com.br/
Telefone: (32) 99196-0045
Email: [email protected]

Ao visitar Juiz de Fora não deixe de experimentar os rótulos da Antuérpia! Ahh, aproveita sua visita a cidade e carimba seu passaporte da Estrada Real, pois ela faz parte do Caminho Novo. Ainda não tem seu passaporte? Então, confere o post “Como conseguir e onde carimbar o passaporte da Estrada Real + Dicas“.

Cervejaria Wäls

Para fechar a lista com as melhores cervejas artesanais de Minas, temos a Wäls, que é uma cervejaria de Belo Horizonte. Eu não conheço muito bem os rótulos da marca, visto que até hoje só experimentei a Pilsen (IBU 12 e teor alcóolico 4,5%). A Pilsen é levinha e gostosa de beber, sendo ideal pra quem não curte cerveja amarga.

Quando eu experimentar outros rótulos da Wäls ou de outras marcas mineiras eu volto aqui e atualizo o post! =)

Leia também:
Como conseguir e onde carimbar o passaporte da Estrada Real + Dicas
O que fazer em Capitólio em 3 dias: roteiro completo + custos da viagem

Essa foi a minha lista com as melhores cervejas artesanais de Minas Gerais! Já provou alguma? Qual me recomenda? Me conta aí nos comentários, pois estou sempre em busca de novos sabores! Ahh, se você ainda não segue nossas redes sociais (FacebookInstagram, YoutubePinterest), já começa a seguir agora! Sempre publico nelas as novidades do Blog!

Beijos e até o próximo post!


Compartilhe este post

Deixe um comentário