O que fazer em Paraty em 3 dias (com Trindade e Ilha do Cedro)

Compartilhe este post

Paraty é uma das mais belas cidades da Estrada Real. Seu centro histórico cheio de casinhas coloridas encanta os visitantes e a infinidade de atividades ao ar livre relaxa e recarrega as energias de qualquer turista. CONTINUE LENDO para saber o que fazer em Paraty em 3 dias!

Centro hIstórico de Paraty | O que fazer em Paraty
Centro hIstórico de Paraty | O que fazer em Paraty

Sempre sonhei em conhecer Paraty, via fotos do centro histórico, que hoje é Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, e me encantava. Em 2019 finalmente realizei meu desejo e fui comemorar meu aniversário lá. Em 2021 voltei, pois a cidade é apaixonante e cheia de coisas para fazer =)

A cidade já ganhou o apelido de “a Veneza brasileira”, pois em certas épocas do ano a água invade parte do Centro histórico. Eu fui no mês de julho e setembro e presenciei uma parte desse fenômeno. A foto abaixo foi tirada nos arredores da igreja de Santa Rita.

Centro histórico de Paraty
Centro histórico de Paraty.

Abaixo vou listar algumas atividades para você aproveitar 3 dias lá. Se você tiver mais tempo, melhor ainda, pois a cidade tem praias, cachoeiras, trilhas, quilombo…enfim, bastante coisa legal pra fazer!

O que fazer em Paraty em 3 dias – Como chegar

Paraty fica situada no litoral sul do estado do Rio de Janeiro, a 258km da capital. Se você for de São Paulo, ela fica pertinho também, apenas 268 km (passando por Guaratinguetá e Cunha). Já para quem mora em Belo Horizonte é um pouco mais longe, são 600km (passando pela Fernão Dias).

Como eu disse ali em cima, ela faz parte da Estrada Real e lá você poderá carimbar seu passaporte, não esquece de levá-lo! Se você ainda não fez o seu, dá uma conferida no post “Como conseguir e onde carimbar o passaporte da Estrada Real + Dicas”.

O que fazer em Paraty em 3 dias – Roteiro

A partir de agora você confere o que fazer em Paraty em 3 dias.

Centro histórico

Andar sem rumo pelo Centro histórico é a primeira coisa que você pode fazer. A cada esquina vai se encantar com as casinhas coloridas e históricas. É interessante fazer essa caminhada durante um city tour e depois sozinho (com mais calma para tirar fotos).

Na primeira vez que fui a cidade não fiz o city tour e senti que poderia ter conhecido melhor a história e cultura, por isso dessa última vez decidi fazer. Meu guia foi o João, da Associação de Guias de Turismo. Ele nos contou várias histórias interessantes, não vou dar spoiler aqui, mas já adianto que vale a pena!

Obs: o tour é uma ótima forma de saber mais sobre a história da cidade e conhecer outros viajantes!

A Igreja Matriz Nossa Sra dos Remédios teve sua construção iniciada em 1646 e era frequentada por brancos, proprietários rurais e donos de engenhos, ou seja, pessoas de destaque. Após um certo tempo ela foi demolida e reconstruída em estilo neoclássico. Aberta à visitação de segunda a sábado, sendo a entrada paga.

Igreja Matriz Nossa Sra dos Remédios | O que fazer em Paraty em 3 dias
Igreja Matriz Nossa Sra dos Remédios | O que fazer em Paraty em 3 dias

A Igreja de Santa Rita é um dos cartões postais da cidade, foi inaugurada em 1722, pertencendo ao período do rococó. Era destinada aos “homens pardos libertos”, ou seja, pessoas mais desprovidas de dinheiro. Quando a Matriz de Nossa Sra dos Remédios estava sendo reconstruída foi matriz da cidade.

Em 1952 foi tombada pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e em 1973 foi instituída como Museu de Arte Sacra de Paraty. Aberta à visitação, sendo a entrada gratuita.

Igreja de Santa Rita
Igreja de Santa Rita

Já a Igreja Nossa Sra das Dores é a mais nova das 3, tendo sido construída em 1800. Segundo o João, ela foi construída exclusivamente por mulheres e, também, só era frequentada por elas, sendo que o único homem que tinha acesso era o padre. Ela situa-se na Rua Fresca e abre para visitação gratuita aos sábados.

DICA: usar calçado confortável, preferencialmente tênis, pois as ruas são de pedra. Mulheres, salto nem pensar!

O que fazer em Paraty em 3 dias
Caminhar pelo Centro Histórico e tirar foto nas portas é uma dica do que fazer em Paraty!

Prainha de Praia Grande

Como o nome diz, é uma prainha que fica a mais ou menos 12km do Centro histórico. Para chegar lá você pode ir de carro até a Praia Grande e depois precisará percorrer um pequeno trecho a pé (menos de 1km).

Prainha da Praia Grande | O que fazer em Paraty em 3 dias
Prainha da Praia Grande | O que fazer em Paraty em 3 dias

É uma praia tranquila e pequena, excelente para quem está com crianças! A estrutura da prainha é super simples, contando apenas com um restaurante.

Ilha do Cedro

É uma ilha pequena e super gostosa, quando eu fui estava quase deserta, tinha apenas 2 casais de turistas e os pescadores trabalhando.

Para chegar até ela você pode ir de carro até a praia do Cachorro Morto e lá pegar um barco. Do Centro histórico até o local onde você vai pegar o barco são mais ou menos 28km e depois mais uns 5 minutos de barco até a ilha. Eu paguei R$ 20 para fazer a travessia de barco.

Ilha do Cedro
Ilha do Cedro

Lá na ilha almocei no bar da Dita, que é pequeno e simples, porém com preço e atendimento bons e comida saborosa. Além dele tem um outro bar, porém estava fechado no dia que eu fui.

Caminho do Ouro

Outra opção de o que fazer em Paraty em 3 dias é conhecer o Caminho do Ouro, que faz parte da Estrada Real. Esse passeio é uma caminhada por parte da rota do ouro. Apesar de ser no meio da natureza, não é uma trilha complexa e qualquer pessoa que não tenha dificuldade de locomoção consegue fazer.

Caminho do Ouro em Paraty
Fazendo a trilha do Caminho do Ouro. Camisa: @criademinas

Importante atentar-se ao fato que é OBRIGATÓRIO estar acompanhado de guia credenciado do estado do Rio de Janeiro. Eu fiz o passeio acompanhada do Rodrigo da Paraty Explorer, pois recebi uma recomendação de um casal de amigos, que fizeram um passeio de caiaque com ele.

Ao todo são 2km de caminhada, sendo que durante todo o percurso o Rodrigo foi nos contando histórias sobre a época da criação da Estrada Real, bem como sobre frutos, cogumelos e outras plantas que íamos encontrando pelo caminho.

Marco da Estrada Real em Paraty.
Marco da Estrada Real em Paraty.

Depois da caminhada fomos até o Poço do Tarzan e a Cachoeira do Tobogã (aquela famosa que o pessoal escorrega na pedra, sabe?!). Finalizamos a experiência visitando o Alambique Engenho D’Ouro, onde pudemos degustar algumas cachaças e licores.

Cachoeira do Tobogã em Paraty.
Cachoeira do Tobogã em Paraty. A pedra que o pessoal escorrega fica mais pra baixo…

O ideal é separar umas 4 horas para esse passeio e você pode combinar ele com a visitação a Fazenda Bananal, visto que ficam próximos (ambos você precisará pegar a estrada Paraty-Cunha).

Fazenda Bananal

Uma excelente  opção de programa para fazer com a família toda, mas principalmente para quem está viajando com crianças. A fazenda possui 180 hectares de mata, sendo que foram preservadas 70% da área de Mata Atlântica. O foco é o turismo responsável, o conhecimento sobre a natureza e o consequente uso sustentável dos recursos naturais.

Fazenda Bananal em Paraty
Visitando a Fazenda Bananal.

Como a intenção da Fazenda é educar as pessoas, eles possuem uma visita guiada que passa pela agrofloresta, horta, galinheiro, curral, capril, queijaria e casarão histórico (que funciona como museu). Durante todo o percurso você vai ver placas educativas, que complementam as explicações.

Fazenda Bananal - o que fazer em Paraty
Este é o espaço do Capril, na Fazenda Bananal.

A Fazenda Bananal conta, também, com um restaurante, sendo que ele abre diariamente para o almoço (11h às 18h). Aos sábados e domingos (08h às 10:30) é possível tomar café da manhã lá. Minha dica é separar, aproximadamente, 2 horas para fazer a visita, se for almoçar acrescente mais uns 90 minutos.

o que fazer em paraty
Visita guiada na Fazenda Bananal, conhecendo a agrofloresta.

É uma experiência totalmente diferente e única, tem um cunho educacional super importante. Para pessoas que nunca tiveram contato com fazenda ou sítio vai ser ainda mais emocionante!

Praia do Sono

É uma das praias mais famosas da região, para acessá-la você precisará fazer uma trilha, que não é longa (apenas 3,1km), porém com trechos íngremes. O nível de dificuldade é baixo, especialmente indo com calma e aproveitando o trajeto.

Gostei de fazer o percurso por ali, ver árvores grandes e bonitas e ter a sensação de chegar ao ponto alto da trilha de onde se vê toda a praia. Existe também a possibilidade de fazer a travessia de barco, sendo que o valor é de R$50 por pessoa (setembro/2021).

A Praia do Sono é uma comunidade tradicional caiçara, localizada em duas zonas de conservação, sendo a Área de Proteção Ambiental do Cairuçu e Reserva Ecológica da Juatinga. Por ter acesso somente de barco ou de trilha, a Praia do Sono se localiza na maior porção de Mata Atlântica contínua da região, mantendo assim uma rica biodiversidade tanto na floresta quanto no mar.

Ela é remota, mas tem alguns restaurantes, mercadinhos, campings e a Pousada Mãe D’Água (onde me hospedei). Partindo dela mas por outra trilha, pode-se chegar a Praia de Antigos e praia de Antiguinhos, a cachoeira das Galhetas, a Cachoeira do Saco Bravo e a Comunidade de Ponta Negra. Eu conheci todas e vou contar mais detalhes em um post específico.

Início da trilha para a Praia do Sono | O que fazer em Paraty em 3 dias
Início da trilha para a Praia do Sono | O que fazer em Paraty em 3 dias

Se você não estiver de carro, em Paraty tem ônibus de linha normal que deixa os viajantes na entrada da trilha.

Obs: aconselho dormir na Praia do Sono, no mínimo, uma noite. Eu fiquei 3 dias inteiros lá e teria ficado mais =)

Trindade [O que fazer em Paraty em 3 dias]

Antes de chegar na Vila de Trindade você chega na praia Cepilho. Pequena, charmosa e onde tem um restaurante e lanchonete agradável. Na vila costuma-se cobrar estacionamento, então, por isso ou pela caminhada pode-se deixar o carro ali e seguir a pé.

Da praia Cepilho à Vila existe um caminho curto de sobe e desce de pedras ou um não tão longo pelo asfalto. Para ir via pedras verifique a altura da maré e sua disposição de eventualmente molhar os pés.

Trindade.
Trindade.

Na Praia de Fora é movimento de pessoas e eventos alternativos, geralmente de quem esta instalado ali mesmo nos campings. Ali tem várias opções de bares e restaurantes.

Atravessar para praia do meio é fácil e rápido. A partir dali pode-se adentrar continente em direção às cachoeiras ou continuar a trilha até a praia do Cachadaço, a mais remota e preservada deste grupo.

Seguindo mais um trecho de trilha você chega as piscinas naturais com uma vegetação de mata Atlântica incrível e peixinhos coloridos que vão nadar entre suas pernas.

Trilha do Pico do Pão de Açúcar – Saco do Mamanguá

O Saco do Mamanguá é lindo e do alto do Pico do Pão de Açúcar você vai ter uma vista maravilhosa dele! É uma experiência ideal para quem gosta de estar conectado com a natureza.

Para fazer a trilha é preciso ir de barco até a Praia do Cruzeiro. Geralmente, os barcos saem de Paraty-Mirim. Eu fui de carro até lá e encontrei com o Gil, barqueiro que me levou até a Praia do Cruzeiro. O trajeto leva, em média, 20 minutos.

Saco do Mamanguá
Paradinha para fotos no barco. Atrás está a praia na qual foram gravadas cenas da saga Crepúsculo.

O Gil é experiente, atencioso e paciente. Ele nos mostrou a praia onde foi filmado um dos filmes da saga Crespúsculo e fez uma parada para fotos. Ele é minha indicação, quem quiser entrar em contato com ele é só mandar uma mensagem no Whatsapp (24 99982-3465).

Na Praia do Cruzeiro tem um camping e um restaurante, eu almocei lá depois da trilha. A comida é simples, mas saborosa e o preço justo. Ahhh, lá embaixo o sinal de 4G não pega, mas no alto do Pico pega bem.

Sobre a trilha, ela não é longa, são menos de 2km, porém ela é íngreme. Assim, para chegar lá em cima você vai só subir, não tem trecho plano. Ela é tranquila e não tem necessidade de guia. Logo depois da primeira subida vai ter uma bifurcação, se você pegar para esquerda vai contornar o Saco do Mamanguá. Para fazer a trilha é necessário pegar o caminho da direita, mas não se preocupe pois tem uma placa indicando.

Pico do Pão de Açúcar em Paraty
No alto do Pico do Pão de Açúcar em Paraty. Biquini: @neymarbiquinis

Eu gastei  1 hora para subir e 30 minutos para descer. Dava para ter feito em menos tempo, mas eu não estava sozinha e uma das pessoas que estava comigo tinha um ritmo diferente e precisou fazer algumas paradas para respirar rs

O visual lá de cima é lindo! Vale muito a pena! Pode separar umas 4 horas para esse programa, sendo uns 90 minutos para fazer a trilha e o resto para contemplar a vista e depois dar uma nadadinha na praia.

Passeio de barco

É um dos programas favoritos dos viajantes! Eu não fiz pois tinha outros passeios que eu queria fazer e acabou não dando tempo. Várias praias e ilhas só tem acesso via barco, como a Ilha da Cotia, Ilha do Algodão, etc. Por isso o passeio de barco é uma boa ideia.

Se você quiser fazer o passeio pode conversar com algum barqueiro lá mesmo e combinar com ele, geralmente a hora em barco particular vai de R$90 a R$120. Tem também as escunas, que são coletivas, o valor delas é mais ou menos R$ 50 por pessoa.

Ilha do Cedro | O que fazer em Paraty em 3 dias
Ilha do Cedro | O que fazer em Paraty em 3 dias

A Lulu do Let´s Fly Away escreveu um post com programas para curtir Paraty sem gastar dinheiro. Vale a pena conferir também!

Onde ficar em Paraty

Da primeira vez que fui a Paraty fiquei hospedada na Pousada Pontal Gardens, que fica a 5 minutos de caminhada do Centro histórico. A pousada é pequena e aconchegante, eles oferecem 4 tipos de quartos (standard, superior, deluxe e júnior), eu fiquei no superior e adorei!

O café da manhã era muito bom! Delícias caseiras e locais, passarinhos voando (beija flor, saíra etc), bom papo… ótima forma de começar o dia. O Fernando e a Renata deram excelentes recomendações sobre o que fazer em Paraty nos 3 dias que passei lá. Aliás, deram recomendações para pelo menos 2 semanas rs.

Se você reservar utilizando nosso link, o Booking nos paga uma pequena comissão que serve para manter o blog online com conteúdo gratuito e atualizado. Se você gosta do nosso trabalho, que tal nos ajudar? Você não paga nada a mais por isso =)

Já, dessa última vez que fui a cidade (setembro/2021) fiquei hospedada na Pousada Literária, que é a melhor hospedagem de Paraty! Eu adorei tanto meus dias lá que fiz um post exclusivo para contar como foi minha experiência, dá uma lida nele –> “Onde ficar em Paraty”.

Quarto da Pousada Literária.
Meu quarto na Pousada Literária.

A Pousada Literária fica localizada no Centro Histórico e possui uma estrutura maravilhosa para receber os viajantes. Ela possui piscina climatizada, sauna, academia, spa, restaurante/bar, estacionamento privativo e coberto, café da manhã sensacional e uma sala de leitura super interessante.

Pousada Literária.
Piscina climatizada da Pousada Literária.

Caso queira ver outras opções de hospedagem pode usar o mapa abaixo:

Booking.com

Conclusão – o que fazer em Paraty em 3 dias

Percebeu que a cidade e arredores é cheia de opções? Minha dica é que você separe 3 dias apenas para Paraty e mais uns 3 ou 4 para Trindade e Praia do Sono. É isso por hoje! Em breve vou publicar o post “quanto custa viajar para Paraty” e compartilhar com vocês dicas para economizar + minha tabela de gastos.

Espero que minhas sugestões de o que fazer em Paraty em 3 dias tenham te ajudado. Qualquer dúvida é só falar! Ah, no nosso Instagram tem várias fotos da cidade e um destaque especial com alguns stories, confere lá @partiuviajarblog !

Beijos e até mais.


Compartilhe este post

2 comentários em “O que fazer em Paraty em 3 dias (com Trindade e Ilha do Cedro)”

  1. Muito bom seu post Lidi, se programando certinho dá pra conhecer muita coisa em 3 dias. Paraty é cheia de historia e lugares lindos pra se visitar.

    Responder

Deixe um comentário