Table Mountain: trilha x teleférico, qual a melhor opção?

Compartilhe este post

Está em dúvida se vai fazer a trilha a pé para visitar a Table Mountain ou se vai de teleférico? Quando eu estava planejando minha viagem para Cape Town tive dúvidas se ia dar conta de fazer a trilha e quase desisti pois não achei informações na internet que me deixassem segura. Abaixo vou te contar como foi fazer a trilha para subir e usar o teleférico para descer! Partiu?

A Table Mountain (ou montanha da mesa, em português) é uma das 7 maravilhas naturais do mundo e a atração mais visitada da Cidade do Cabo. Conhecê-la deve ser sua prioridade ao visitar a África do Sul!

Antes de começar a falar sobre as formas de subir, quero te falar que o clima em Cape Town é bem doido. É comum mudar várias vezes ao longo do dia. Por isso é preciso aproveitar a primeira oportunidade de tempo firme e sem nuvens para subir a Table Mountain. 

Table Mountain.
No topo da Table Mountain.

# Localização

O ponto de acesso para quem vai subir a montanha fica entre Camps Bay e Gardens. É fácil chegar lá usando Uber/táxi ou pegando o ônibus Hop On Hop Off, que tem um ponto lá no estacionamento. Se você tiver alugado carro, pode colocar no GPS o endereço: Table Mountain Aerial Cableway, Tafelberg Road, Gardens, Cidade do Cabo, África do Sul.

Eu fui de Uber com uma amiga, um hóspede e um funcionário do hostel. Pedimos para o motorista nos deixar no início da trilha Plattekip Gorge (localizada a 1,5km da entrada do bondinho).

# Table Mountain – Quanto custa subir?

O acesso a Table Mountain é totalmente gratuito se você for por uma das trilhas. Você só paga se for usar o teleférico. É possível subir pela trilha e descer pelo teleférico? Sim. É possível subir pelo teleférico e descer pela trilha? Sim.

Os valores do teleférico variam de acordo com o turno do dia que você vai visitar a montanha. Na parte da manhã o ingresso para os dois trechos (ida e volta) custa 360 rands e o ingresso para um trecho (ida ou volta) custa 200 rands. O horário do turno da manhã vai da abertura (08h ou 08:30) até às 13h. Já o ingresso da tarde custa 300 rands ida e volta ou 200 rands um trecho. Assim, se você for subir e descer pelo teleférico vai pagar menos se for a partir das 13h.

Lid, você aconselha comprar o ingresso online? Depende. Se você for nos meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro acho melhor comprar antes sim, pois é alta temporada e as filas costumam ser longas. Eu fui em Abril e estava tranquilo, fiquei menos de 10 minutos na fila.  Se você comprar online, seu ingresso é válido por 7 dias a partir da data que selecionou.

Para ver meus gastos em 5 dias em Cape Town, dá uma conferida no post “Quanto custa viajar para a Cidade do Cabo: gastos em 5 dias!“.

Table Mountain
Table Mountain, subindo pela trilha Plattekip Gorge.

# Table Mountain: trilha x teleférico

Subindo pela trilha Plattekip Gorge

Quando estava planejando a viagem fiquei bem preocupada com a possibilidade de algo dar errado e eu me perder ao subir a Table Mountain pela trilha. Afinal, são duas trilhas diferentes, sendo que uma é tranquila e a outra bem difícil (India Venster). Cheguei em Cape Town sem decidir se ia subir de teleférico ou trilha, porém ao fazer o check in no hostel descobri que eles organizavam semanalmente uma caminhada até o topo. Jackpot!! Problema resolvido!

Como já mencionei ali em cima, eu fiz a trilha com mais 3 pessoas, sendo que uma delas já havia subido a montanha umas 6 vezes. Saímos do hostel às 08h da manhã, o céu estava limpo, somente com algumas nuvens.

Logo onde começa a trilha mais fácil, a Plattekip Gorge, você vai ver a placa da foto abaixo.

Plattekip Gorge
Início da trilha Plattekip Gorge.

Quando começamos a trilha tinha dois grupos no caminho, ou seja, se você se perder ou tiver alguma dúvida pode pedir ajuda para outras pessoas.

A trilha exige sim um condicionamento físico razoável, pois a subida é bem íngreme. Parei várias vezes para descansar e tirar fotos. O caminho é lindo, a vista maravilhosa e deve ser admirada com calma. Pressa? Não, aproveite a caminhada! Além da vista, me deparei com alguns pássaros e vi pela primeira vez um dassie.

Plattekip Gorge
Plattekip Gorge – a trilha é toda irregular, prepare suas pernas!

Obs: ao longo da trilha fui testando meu sinal de internet e quando estava mais para o alto, no meio do caminho, consegui me conectar. Quis ligar para minha mãe para mostrar pra ela o lugar lindo que eu estava =)

Abaixo, mais uma das placas que me deparei quando estava fazendo a trilha.

Plattekip Gorge
Sinalização na trilha Plattekip Gorge

Gastamos 2 horas para subir até o topo. Sem dúvidas, fazer a trilha a pé foi uma ótima decisão e uma das melhores experiências que eu tive na Cidade do Cabo. Recomendo!

Table Mountain.
Subindo a Table Mountain.

Teleférico (cable car)

Para descer escolhi o teleférico pois queria saber como eram as duas experiências. O bondinho gira 360º, então qualquer lugar que você escolher vai conseguir ter uma vista bacana do exterior. A descida é rápida e bem bonita, mas nada comparada a sensação de fazer a trilha.

É uma boa opção para quem tem problemas de saúde que são um impeditivo para fazer a trilha ou para quem está com crianças muito pequenas e não tem experiência em fazer trekking. Obs: é acessível a cadeirantes.

Se você pretender descer de teleférico, fique atento as mudanças do tempo enquanto estiver lá em cima, pois quando o vento está muito forte eles fecham o teleférico.

Cable car
Teleférico (cable car)

# O que fazer lá em cima

Uma coisa que 99,9% das pessoas que sobe a Table Mountain faz lá em cima é ficar maravilhado com a vista. Na minha opinião, é a vista mais linda de Cape Town. Você vai conseguir ver Lions Head, Camps Bay, o V&A waterfront, o estádio de Cape Town e muito mais, é uma vista 360º da cidade.

Table Mountain
Quase chegando no topo da Table Mountain

Além de admirar a vista, você poderá fazer 3 trilhas leves, que são: Agama (30 minutos de caminhada), Dassie (15 minutos) e Klipspringer (45 minutos). Como são muito tranquilas, nao se preocupe com seu condicionamento físico. Se você quiser saber mais sobre a história da montanha ou não quiser fazer a caminhada sozinho, todos os dias acontecem caminhadas guiadas e gratuitas às 09h e às 15h. O ponto de saída é o terraço em frente a loja Shop at the Top.

Ahh, lá em cima têm banheiros, bebedouro, lanchonete, acesso gratuito ao wi-fi e loja de lembrancinhas! Sugiro que você separe, pelo menos, 2 horas para ficar lá no alto.

Cape Town
Cape Town vista do alto, Table Mountain ao fundo.

# Dicas para visitar a Table Mountain

– Independente da forma que escolher para visitá-la e das condições climáticas, leve sempre um casaco na mochila pois lá em cima venta bastante.

– Se for fazer a trilha, vá com um calçado adequado, preferencialemente uma bota de trekking. Se não tiver a bota, vá de tênis de caminhada/corrida. Nada de rasteirinha, chinelo, sapatilha ou coisa parecida, por favor! Seus pés vão agradecer.

– Leve água pois durante a trilha não tem ponto para pegar água. Lá no alto da montanha, perto dos banheiros tem bebedouro para encher a garrafinha.

Cape Town - África do Sul
Cape Town vista do alto da Table Mountain

# Onde ficar em Cape Town

A cidade possui muitas opções de hospedagem e alguns bairros mais turísticos, como o Gardens, Camps Bay, Green Point e Sea Point. Para te ajudar a pesquisar onde ficar em Cape Town, dá uma lida no post “Onde ficar em Cape Town: melhores hoteis e hostels!“.

Dica: se você não for alugar carro, aconselho fortemente ficar nesta área mais turística pois o transporte público na Cidade do Cabo não é muito eficiente.

# Outros posts que vão te ajudar a montar seu roteiro

Eu fiquei 22 dias na África do Sul, sendo que separei 1 semana para Cape Town e pude aproveitar a cidade com calma. Antes de decidir quantos dias você vai ficar lá e fechar seu roteiro, dá uma conferida nos posts “O que fazer em Cape Town em 4 dias: tudo que você precisa visitar!” e “18 dicas de viagem para planejar sua trip para a África do Sul“. Na minha opinião, a cidade merece mais que 4 dias, mas geralmente os viajantes separam de 3 a 4 dias pra lá.

Se você quiser conhecer algumas vinícolas de Stellenbosch, leia o post “Tour de bicicleta para conhecer as melhores vinícolas de Stellenbosch!“, no qual te conto como foi percorrer as vinícolas de bike. É possível fazer o tour de carro alugado também, basta você pegar os nomes dos locais e ir por sua conta.

Eu gravei um vídeo falando dos gastos que você pode ter lá em Cape Town, dá uma conferida também!

# Conclusão

E aí, conseguiu decidir se vai subir a Table Mountain pela trilha ou teleférico? Eu, com certeza, recomendo fazer a trilha! Se você não tiver tempo ou condição física para subir e descer pela trilha, faça como eu fiz: faz a trilha para subir e desce pelo teleférico.

Qualquer dúvida deixa aí nos comentários ou manda no email [email protected] Se você não quiser perder nossas aventuras mundo afora, segue a gente no Instagram e Facebook!

Beijos e até a próxima aventura!


Compartilhe este post

2 comentários em “Table Mountain: trilha x teleférico, qual a melhor opção?”

Deixe um comentário