O que fazer em Soweto: experiências para conhecer a história da África do Sul

Ei viajante, tudo bem? Você já ouviu falar na maior favela da África do Sul? Soweto é um bairro de Joanesburgo e tem muita história para contar. No post de hoje vou compartilhar com você como foi visitar e o que fazer em Soweto.

Criança em Soweto
Criança em Soweto

Você sabe o que significa soweto?

so = south we = western to = township

Atualmente, quase 2 milhões de pessoas moram lá. É quase uma cidade dentro de outra cidade. Para conhecer o bairro eu fiz um tour de dia inteiro com a agência MoAfrika Tours. Visitamos o Monumento Hector Pieterson, a Igreja Regina Mundi, o Estádio da Copa, a Orlando Towers, a Casa do Mandela, o Museu do Apartheid e almoçamos em um restaurante de comida típica.

Não aconselho ir até Soweto sem um guia, principalmente se você quiser andar pelas vielas e barracos. Eu não vi nenhum perigo, pareceu tranquilo, mas nunca se sabe, afinal é um bairro enorme (onde tem muita pobreza).

Museu do Apartheid | O que fazer em Soweto
Museu do Apartheid | O que fazer em Soweto

# O que fazer em Soweto

Soweto começou como um lugar onde os trabalhadores das minas moravam. Viviam em alojamentos. Só homens podiam morar la e trabalhar nas minas. Depois passou a ser moradia dos negros, chineses, indianos que só podiam vir pra cidade se tivessem uma permissão para trabalhar, ela permitia a permanência deles na cidade das 8 às 16h.

Os negros ficavam separados dos chineses, indianos e colours (aqueles que não eram brancos nem negros). A policia colocava uma caneta na cabeça da pessoa, se a caneta não caísse ela era negra.

Monumento Hector Pieterson + Museu

É uma praça e um museu que foram construídos para homenagear o estudante Hector Pieterson, que foi morto durante os confrontos do Levante do Soweto, na época do Apartheid. Separe, mais ou menos, 40 minutos para a visita.

Monumento Hector Pieterson | O que fazer em Soweto
Monumento Hector Pieterson | O que fazer em Soweto

Lá do lado de fora o guia nos explicou como ocorreu o conflito que levou a morte do estudante. Já, no interior do museu, percorremos tudo sozinhos e pudemos ver fotos e vídeos sobre os acontecimentos.

Os espaços entre as colunas significa as diferentes informações a respeito do conflito, bem como a falta de algumas informações. Já os tamanhos diferentes entre as colunas significa as diferentes idades dos estudantes.

Igreja Regina Mundi

É conhecida como a “igreja do povo” por causa do seu papel durante o Apartheid e o Levante do Soweto. Quando aconteceu o confronto que Hector Pieterson foi morto, vários estudantes correram para dentro da igreja para se esconder, mas a polícia entrou lá atirando, felizmente ninguém morreu. Até hoje é possível ver as marcas de bala na igreja.

É a maior igreja católica do bairro, possuindo capacidade para 2.000 pessoas. Por lá já passaram figuras importantes como Michele Obama e Bill Clinton. Tem destaque na igreja o quadro da Virgem Maria negra segurando Jesus, também negro.

Igreja Regina Mundi | O que fazer em Soweto
Igreja Regina Mundi | O que fazer em Soweto

Orlando Towers

São duas torres enormes, um dos símbolos do bairro. Lá do alto é possível pular de bungee jump. Eu não animei, se você pular, volta aqui e conta pra gente como foi =) Ah, eu almocei em um restaurante que fica lá embaixo das torres. Comi braai e pap.

Soweto.
Soweto.

Museu do Apartheid

O museu é fantástico! Se você quiser entender mais sobre a história do país e o regime do Apartheid, você tem que visitá-lo!

Logo ao comprar seu ingresso você já vai ter uma noção de como funcionava a segregação racial na época do Apartheid. Aleatoriamente eles entregam ingressos para “brancos” e para “não brancos”, ou seja, você pode ser negro e receber um ingresso escrito “branco” ou vice versa.

Você deve usar a entrada que está no seu ingresso. Mas não se preocupe se você estiver com mais pessoas e elas não entrarem pela mesma entrada que você, pois lá dentro após alguns minutos vocês irão se encontrar novamente.

Museu do Apartheid | O que fazer em Soweto
Museu do Apartheid | O que fazer em Soweto

Os painéis de cor preta possuem informações introdutórias e os cinza possuem informações complementares (sendo que o 1º parágrafo, escrito em branco, é um resumo). Separe pelo menos umas 2 horas para a visita, mas o ideal mesmo para ver tudo são 4 horas, são muitas informações!

Abre todos os dias da semana, das 09h e às 17h. Não funciona no dia do Natal, Ano Novo e Good Friday. Os adultos pagam 100 rands (+- 30 reais) para entrar e as crianças 85 rands (julho/2019).

ESTRUTURA: todas as áreas do museu possuem acesso para cadeirantes. Há alguns banheiros, cafeteria e loja de souvenirs.

Museu do Apartheid.
Museu do Apartheid.

Ahhh, eu já escrevi vários posts sobre a África do Sul, se você ainda não leu, sugiro começar pelo “18 dicas de viagem para planejar sua trip para a África do Sul“, no qual dou informações gerais sobre o país e, depois, dê uma conferida no “Roteiro para curtir o melhor de Joanesburgo em 1 dia“, para saber mais sobre Joanesburgo.

#O que fazer em Soweto – Tour com a MoAfrika Tours

A MoAfrika Tours é uma agência que realiza vááários passeios, como tours em Joanesburgo e na Cidade do Cabo; safaris no Pilanesberg e no Kruger, dentre outros. Eu escolhi essa empresa porque vi comentários e avaliações positivas na internet.

Como disse ali em cima, fiz o tour do Soweto + Museu do Apartheid com eles e recomendo! O guia me buscou no hotel às 09:30h e me deixou de volta às 17:30, ou seja, 8 horas de tour. Ele era muito simpático e nos contou várias histórias sobre o Soweto e sobre a África do Sul.

Tour Soweto - MoAfrika Tours.
Tour Soweto – MoAfrika Tours.

Fizemos todos os deslocamentos em uma van, as entradas dos museus já estavam inclusas, bem como o almoço. Caso queira fazer só o Soweto é possível também, basta escolher o tour de meio dia.

Site oficial: https://www.moafrikatours.com/
Instagram: @moafrikatours
Facebook: https://web.facebook.com/MoAfrikaTours/
Whatsapp: +27 (0) 82 506 9641

# O que fazer em Soweto – Consultoria de viagem

A África do Sul é um país muito interessante, cheio de coisas legais para conhecer. É preciso planejamento para otimizar seu tempo e ir nos lugares que mais tem a ver com você e com a experiência que você deseja ter.

A consultoria de viagem serve justamente para evitar que você cometa erros bobos e gaste tempo/dinheiro com coisas desnecessárias. Da passagem aérea até o roteiro dia a dia, posso te ajudar com tudo! Me manda uma mensagem no Whatsapp do Blog (31 99590-2414) para eu te explicar como funciona. Você também pode encontrar mais informações sobre a consultoria de viagens clicando aqui.

Museu do Apartheid.
Museu do Apartheid.

# Onde ficar em Joanesburgo

Eu me hospedei no The Residency Jellicoe, que é um flat localizado no bairro de Rosebank. Se você quiser ver como foi minha estadia lá, confere o post “Review: onde se hospedar em Joanesburgo – The Residency Jellicoe“.

The Residency Jellicoe.
The Residency Jellicoe.

Por hoje é isso! Espero que o post tenha te ajudado e qualquer dúvida é só falar! Para acompanhar as fotos das nossas aventuras segue nosso Instagram ( @partiuviajarblog ). Beijos e até mais!

Obs: fiz o passeio através de uma parceria com a agência. Não fazemos parcerias que não se adequam ao propósito do Blog e a opinião retratada no post é sempre real e imparcial.

Deixe um comentário