Praia do Sono em Paraty: como chegar e o que fazer em 3 dias!

Compartilhe este post

A Praia do Sono é um dos destinos mais lindos do estado do Rio de Janeiro e precisa estar no seu roteiro de Paraty! Se você ainda está na dúvida se deve ou não incluí-la na sua viagem, leia o post até o final, pois vou te contar como chegar lá, o que fazer e onde ficar!

Praia do Sono em Paraty
Olha que perfeição essa Praia do Sono!

Antes de mais nada, queria te contar um pouquinho sobre a comunidade caiçara que mora na Praia do Sono. Atualmente, moram lá menos de 500 pessoas, sendo que o acesso a produtos e serviços é bem precário. Lá não tem hospital, banco, a energia elétrica chegou tem pouco tempo e mesmo assim não tem postes iluminando todo vilarejo. Assim, é possível andar à noite na praia e curtir a luz da lua e as estrelas.

Outra coisa que é bem difícil lá é a questão da coleta de lixo. Os moradores precisam juntar o lixo, depois ele é transportado até um barco, depois para outro barco e então é levado para Paraty. Dessa forma, se você puder carregar seu lixo de volta com você vai ajudar a comunidade, pois deixará menos resíduos por lá.

Perguntas frequentes sobre a Praia do Sono

  • Quantos dias ficar? Um “erro” comum que as pessoas cometem ao visitar a Praia do Sono é fazer apenas um bate volta e não dormir lá. Minha dica é, se tiver mais tempo, fique 3 dias. Assim, você poderá aproveitar a praia, conhecer as principais trilhas e curtir a energia do lugar!
  • Tem internet? Na minha pousada tinha wi-fi sim e em alguns pontos da praia pegava o 4G.
  • Onde deixar o carro para fazer a trilha de Trindade até o Sono? Te respondo isso, com detalhes, no próximo tópico.
Praia do Sono.
Praia do Sono.

Como chegar na Praia do Sono

A Praia do Sono pertence ao município de Paraty/RJ.

Ela está localizada em duas zonas de conservação, sendo a Área de Proteção Ambiental do Cairuçu e Reserva Ecológica da Juatinga. Por ter acesso somente de barco ou de trilha, a Praia do Sono se localiza na maior porção de Mata Atlântica contínua da região, mantendo assim uma rica biodiversidade tanto na floresta quanto no mar.

Leia também:
– O que fazer em Paraty em 3 dias (com Trindade e Ilha do Cedro)
– Onde ficar em Paraty: Pousada Literária, a melhor opção da cidade!

Para chegar lá você vai ter 2 opções: barco ou trilha. Os barcos saem do condomínio Laranjeiras em Trindade ou da Comunidade de Ponta Negra e o valor é, em média, R$50 (por trecho, ou seja,R$100 ida e volta). Se for sair do condomínio, basta ir até a portaria dele e uma van vai te levar (sem custos) até o barco.

Se optar por fazer a trilha, também poderá sair do condomínio Laranjeiras ou da Comunidade de Ponta Negra. A grande maioria das pessoas opta por chegar fazendo a trilha do condomínio, tendo em vista ser mais curta e mais fácil.

Mirante antes de chegar na Praia do Sono.
Mirante antes de chegar na Praia do Sono.

Trilha do condomínio Laranjeiras à Praia do Sono

O condomínio fica em Trindade, que pertence a Paraty. Se você estiver vindo de Paraty poderá chegar até o início da trilha de carro ou de ônibus. Se for de ônibus, basta pegar na rodoviária de Paraty sentido Vila Oratório/Condomínio Laranjeiras. Você poderá descer no condomínio (se optar por chegar na praia de barco) ou no ponto final (se for fazer a trilha). Na dúvida, pergunte ao motorista do ônibus.

Quem escolher ir de carro poderá deixá-lo em um estacionamento, como nós fizemos. Os preços variam bastante, sendo que nós pagamos R$25 por dia para deixar em uma garagem descoberta. Se fosse na rua, o preço era de R$20 por dia.

Isso mesmo, alguns moradores de Trindade alugam suas garagens ou parte da rua em frente suas casas como estacionamento. Assim, não espere um estacionamento com cara de estacionamento.

Onde a trilha começa? Você vai ver essa placa da foto abaixo e é ali que a trilha começa. Se tiver dúvidas, basta perguntar pra qualquer morador.

Início da trilha da Praia do Sono.
Início da trilha da Praia do Sono.

Quanto tempo de trilha? Tempo é relativo, pois depende do ritmo de cada pessoa. Prefiro te dizer quantos km e aí você vai ter uma noção melhor. São 3,1km do condomínio até a Praia do Sono. Nós levamos 50 minutos, aproximadamente.

Como é a trilha? Não exige técnica, nível de dificuldade fácil (na minha opinião). Ela tem muitos degraus, sendo que em alguns trechos tem corrimão também. Ela tem subida, descida e partes planas. A vegetação é alta, então tem sombra em grande parte. Apesar da vegetação alta, a trilha não é estreita.

Obs: fique atento aos animais, pois cobras são comum na região. Quando estávamos fazendo a trilha de ida eu me deparei como uma cobra verde (linda). Minha reação? Parei de andar, fiquei em silêncio, avisei a Keli que estava atrás de mim e aguardei a cobra entrar no mato.

Quando você estiver quase chegando na praia vai ter uma vista linda dela do alto. Vale a pena tirar uma foto ali do alto! Depois desse “mirante” vai descer uma escadaria e andar mais alguns metros até a areia.

Prontinho!

Bem vindo ao paraíso! rs

Praia do Sono

Trilhas da Praia do Sono/Paraty

Gente, tem várias trilhas para fazer por lá! Aqui vou contar as que eu fiz, ok? Mas, para quem gostar de trekking/acampar tem a travessia da Joatinga, ela parece ser bem legal!

Sempre quando tiver bifurcação vai ter uma placa indicativa.

Mirante

Esse mirante tem uma vista linda da Praia do Sono. Para chegar nele você vai ter que caminhar até o canto esquerdo da praia e subir uns 15 minutos pela trilha. Isso mesmo, a ida é morro acima com direito a escadaria. Não sei ao certo a distância em km, mas é menos de 1,5km.

Escadaria para chegar até o Mirante.
Escadaria para chegar até o Mirante.

 

Mirante da Praia do Sono.
Mirante da Praia do Sono.

Praia dos Antigos e dos Antiguinhos

Continuando a trilha do mirante tem o caminho para chegar na Praia dos Antigos. Logo após sair do mirante você vai começar a descer. A trilha é mais estreita e a vegetação não é alta.

Praia dos Antigos.
Praia dos Antigos.

A distância da Praia do Sono até Antigos é 1,9km. Quando você estiver chegando na praia vai ver uma placa indicando o nome. A praia tem uma faixa de areia larga e eu achei linda! Lembrando que lá não tem estrutura de barraca ou vendedores ambulantes.

Praia dos Antiguinhos.
Praia dos Antiguinhos.

A trilha para Antiguinhos fica no final da Praia de Antigos. É só percorrer ela toda e você vai ver a entrada no canto esquerdo, antes das pedras. A distância entre as duas é de 700 metros.

A Praia de Antiguinhos é menor, mas bem parecida com a de Antigos.

Cachoeira das Galhetas

Continuando a trilha, o próximo ponto é a Cachoeira das Galhetas. Ela fica a 3,9km da Praia do Sono e a 1,3km da Praia de Antiguinhos. Durante esta parte do caminho vai ter uma escadaria para descer, ela é puxadinha, mas não exige técnica, só fôlego e joelho.

Antes de chegar na cachoeira vai ter uma placa, que sinaliza a bifurcação. Se você pegar o caminho da esquerda logo vai chegar na cachoeira das Galhetas. Se pegar o caminho da direita, vai atravessar uma ponte e avistar a praia das Galhetas.

Cachoeira das Galhetas.
Cachoeira das Galhetas.

Eu não entrei na água, estava muito fria e não tinha sol no dia.

Comunidade de Ponta Negra

A partir da bifurcação da Cachoeira das Galhetas até a Comunidade de Ponta Negra a caminhada será de 800 metros. A comunidade de Ponta Negra, assim como a da Praia do Sono é habitada pelos caiçaras, porém ela é menor ainda.

Lá você vai encontrar bar/restaurante e barcos que fazem o trajeto Ponta Negra/Paraty e Ponta Negra/Praia do Sono.

Ponte para chegar na Praia das Galhetas.
Ponte para chegar na Praia das Galhetas.

Cachoeira do Saco Bravo

Um dos lugares mais lindos que eu já conheci e ainda pouco visitado!

Cachoeira do Saco Bravo.
Cachoeira do Saco Bravo.

A cachoeira do Saco Bravo junta mar e cachoeira, sendo que você tem uma piscina de borda infinita natural com vista para o mar! É de tirar o fôlego, sério!

Onde a trilha começa? Oficialmente, ela começa depois da Comunidade de Ponta Negra. Mas, o que acontece na prática é que você começará a trilha a partir da Praia do Sono (como eu fiz) ou a partir da praia de Ponta Negra (se for de barco até lá).

Início da trilha da Cachoeira do Saco Bravo.
Início da trilha da Cachoeira do Saco Bravo.

Quanto tempo de trilha? Se começar em Ponta Negra serão, aproximadamente, 2 horas e 30 minutos para ir e o mesmo tempo para voltar. Ao todo, ida e volta são 8km. Por outro lado, se começar na Praia do Sono serão, aproximadamente, 18km ida e volta.

Como é a trilha? É pesada, mas de dificuldade técnica nível médio. O guia é obrigatório, sendo que tem fiscalização aleatória do INEA. Durante o caminho não tem placas, sendo que as únicas são as que sinalizam o início e final da trilha.

Nossa guia foi a Fernanda (@guia.sacobravo.paraty), ela é formada em turismo e moradora da Praia do Sono. Muito paciente e animada, super indico! Quem quiser saber mais sobre a guiagem dela, basta entrar em contato via Instagram ou Whatsapp (21-98174-3262).

Cachoeira do Saco Bravo
O guia é obrigatório para fazer a trilha da Cachoeira do Saco Bravo.

Logo no início da trilha você vai pegar uma subidona, prepare o fôlego. O caminho tem muita sombra, visto que as árvores são altas e a mata é fechada. Há pontos para pegar água durante o trajeto ou você pode deixar para abastecer lá na cachoeira do Saco Bravo também.

Ao chegar no final da trilha você terá que descer por entre as pedras para acessar a cachoeira. No trecho final tem até uma escada pendurada na pedra. Cuidado!

Cachoeira do Saco Bravo

Antes de fazer a trilha é muito importante se informar sobre a maré e condições do vento. O nome cachoeira do Saco Bravo foi dado por um motivo. Se o mar estiver muito agitado e você reparar que a água dele está entrando dentro da piscina não é aconselhável entrar na água. A corrente pode te puxar pra dentro do mar e você pode morrer. A força das ondas batendo nas pedras é impressionante. Não se arrisque por causa de uma foto.

Ahhh, se quiser pegar o local mais vazio, vá bem cedo e opte por fazer a trilha durante a semana!

Cachoeira do Saco Bravo.
Olha essa vista que linda!

Minha experiência – a Fernanda nos encontrou na Pousada e saímos da Praia do Sono às 08:30, sendo que fizemos todo o trajeto até a cachoeira do Saco Bravo caminhando. Não paramos muito e conseguimos chegar na cachoeira umas 13h/13:30h. Ficamos lá até umas 14:30/15h e voltamos até Ponta Negra, onde pegamos um barco que nos levou até a Praia do Sono. Eu não quis arriscar voltar de trilha até o Sono, visto que meu joelho estava começando a doer. Preferi poupar o joelho e gastar cinquenta reais.

Onde ficar

Não existe muitas opções de hospedagem, tendo em vista ser uma comunidade caiçara com, aproximadamente, 470 moradores.

Após muita pesquisa, eu escolhi a Pousada Mãe D’Água, que também é camping. Ela possui 4 quartos privativos com banheiro. Eu fiquei no quarto que tinha uma cama de casal e duas de solteiro, pois estava viajando com mais duas pessoas (a Alessandra e a Keli).

Pousada Mãe D'Água
Pousada Mãe D’Água

A Pousada Mãe D’Água é um lugar tranquilo, confortável e no melhor estilo pé na areia! Indico para casais com ou sem filhos, grupos de amigos ou pessoas viajando sozinhas. Em breve, vai ter post exclusivo sobre ela aqui no blog, fica de olho!

Ahhh, não sei se você sabe, mas se ativar nossas notificações poderá ser avisado toda vez que sair post novo! Como ativar as notificações? É bem fácil, basta clicar no sininho que tem na página inicial/home.

Vídeo da Praia do Sono

Neste vídeo te mostro trechos das trilhas e te dou dicas para conhecer a Cachoeira do Saco Bravo, Praia dos Antigos, Praia dos Antiguinhos, Cachoeira das Galhetas e a Praia do Sono Paraty!

Dicas para quem vai visitar a praia

  • Leve calçados confortáveis, como tênis, bota de trekking e chinelo. Lá você vai andar o tempo todo na areia ou nas trilhas, sendo assim não tem necessidade de levar nada muito arrumado. O dress code é pé na areia!
  • Os produtos de mercado são um pouco mais caros lá, tendo em vista a dificuldade para chegar mercadorias. Assim, se o orçamento estiver mais apertado leve alguns snacks na mochila.
  • Leve repelente! Acredite, você vai precisar dele todos os dias! Não se esqueça do filtro solar também.
  • Lugar de lixo é no lixo. Nem pense em jogar restos de comida/orgânicos ou embalagens de qualquer tipo nas trilhas, ok? Isso inclui bitucas de cigarro, papel higiênico e máscaras descartáveis.
Cachoeira do Saco Bravo.
Cachoeira do Saco Bravo.
  • Leve dinheiro em espécie, pois você precisará para pagar alguns prestadores de serviço, como guias e barqueiros. Apesar de já ter internet lá, não é todo lugar que aceita cartão ou PIX.
  • Não leve seu animal doméstico para as cachoeiras/praias, por mais bem cuidado que ele seja, ele pode transmitir alguma doença para os animais que vivem na mata.
  • Não entre na água usando filtro solar ou bronzeador, isso polui a água. Exceto os produtos que são naturais/orgânicos e livre de químicos.
  • Não dê comida para os animais. Eles conseguem tudo que precisam da natureza, não tem necessidade de você dar frutas ou biscoito para eles.

Leia também:
– O que fazer em Ubatuba: as melhores praias e trilhas!
– Roteiro Serra da Canastra em 3 ou 4 dias [ECONÔMICO]

Essas foram minhas dicas da Praia do Sono, gostou? Se tiver alguma dúvida, deixa aí nos comentários que eu te ajudo! Se quiser um roteiro personalizado para aproveitar o melhor de Paraty e região me manda mensagem aqui ou no Instagram, te conto como posso te ajudar!

Beijos e até a próxima aventura!


Compartilhe este post

Deixe um comentário